Regras do Beisebol


O Beisebol é um esporte pouco divulgado e, consequentemente, pouco praticado no Brasil. Infelizmente, muitas pessoas pensam que o jogo se resume em “rebater uma bolinha”. Porém, este é um grande erro. Através deste guia, o Blog do Beisebol tem o objetivo de explicar as regras e os conceitos básicos deste fascinante esporte.

Entradas (Innings)

Em geral, esportes têm sua duração definida por tempo (como no futebol, basquete e handebol) ou pontuação atingida (vôlei e tênis). No beisebol, entretanto, os jogos são definidos ao atingir um número de eliminações (27). Assim, as partidas não têm uma duração média predefinida, podendo variar de uma hora e meia, quando um time é muito superior ao outro, até verdadeiras maratonas de seis horas quando o equilíbrio prevalece!
As equipes se revezam em turnos de ataque e defesa. Enquanto uma se defende, a outra ataca. Quando um turno se encerra, as equipes trocam de posição: quem atacava passa a defender e quem defendia passa a atacar. A cada dois turnos, completa-se uma entrada (inning). O jogo termina com nove entradas. Caso ao final dessas nove entradas os times estejam empatados, são jogadas entradas extras, até que alguma equipe abra vantagem e saia vitoriosa.
O primeiro turno de uma entrada é chamado de “parte alta” e é caracterizado pelo time da casa arremessando, enquanto o time visitante rebate. O segundo turno dessa mesma entrada é chamado de “parte baixa”, sendo que os times invertem suas funções e o time da casa passa a atacar, enquanto o visitante defende. Isso ocorre porque o time da casa sempre tem a vantagem de atacar por último na 9ª entrada, podendo vencer o jogo na última jogada (Walk-Off).
_

Ataque x Defesa

Durante um turno de ataque, o time é representado por apenas um jogador por vez para tentar a rebatida. Já o time que está na defesa atua com nove jogadores distribuídos no campo:
defesa
P = Pitcher ou Arremessador (responsável por realizar os arremessos do time, em busca da eliminação adversária)
C = Catcher ou Receptor (responsável por recepcionar as bolas arremessadas pelo pitcher)
1B = First Baseman ou 1ª Base (responsável por defender o lado direito do infield e realizar eliminações na primeira base)
2B = Second Baseman ou 2ª Base (responsável por defender o lado centro-direito do infield e realizar eliminações na segunda base)
SS = Shortstop (responsável por defender o lado centro-esquerdo do infield e realizar eliminações na segunda base)
3B = Third Baseman ou 3ª Base (responsável por defender o lado esquerdo do infield e realizar eliminações na terceira base)
RF = Right Fielder (responsável por defender o lado direito do outfield)
CF = Center Fielder (responsável por defender a porção central do outfield)
LF = Left Fielder (responsável por defender o lado esquerdo do outfield)
Pode-se dizer que a figura de destaque na defesa é o Pitcher (Arremessador). Sua função é arremessar a bola para o catcher, que realiza as recepções. O objetivo do arremesso é atingir a “zona de strike”, uma área imaginária, determinada pelo Umpire principal (árbitro que fica logo atrás do catcher), que se localiza entre os ombros e os joelhos do rebatedor (jogador representado pelos pontos vermelhos na figura).
_

Arremessando

A partir do arremesso, três situações podem ocorrer:
- STRIKE
É o objetivo do pitcher. Existem três formas de se conseguir o strike:
1- Arremessar a bola na zona de strike e o rebatedor não tentar a rebatida (called strike);
2- Arremessar a bola em qualquer área e, ao tentar a rebatida, o rebatedor não acerta a bola (swinging strike);
3- O rebatedor manda a bola para uma área considerada “fora do campo” (foul).
- BALL
Caso o arremesso do pitcher não atinja a zona de strike e o rebatedor não tente a rebatida, o árbitro faz a chamada de “ball”. A cada quatro balls contra um mesmo adversário, o arremessador cede um Walk, que consiste na passagem automática do rebatedor para a 1ª base. Caso já exista um jogador do time na 1ª base, este avançará para a 2ª base e o rebatedor, que recebeu o Walk, vai para a 1ª base.
- BOLA EM JOGO
Se o jogador de ataque conseguir rebater a bola para a parte “dentro de campo” (fair) será considerada bola em jogo. A partir daí, ele pode chegar em base, anotar/impulsionar corridas ou ser eliminado.
_

Eliminações

Quando um time está na defesa, seu objetivo é eliminar três adversários para que ocorra a mudança de turnos e entradas. Basicamente, as eliminações podem ocorrer de cinco maneiras (ilustradas através de GIFs para facilitar o entendimento):
- STRIKEOUT
Quando o pitcher consegue três strikes contra um mesmo rebatedor é considerado strikeout e o jogador é eliminado. Um detalhe importante é que o 3º strike não pode ser um foul ball, a menos que o rebatedor tente um bunt (veja adiante) e este torne-se foul.

Exemplo de Strikeout

Exemplo de Strikeout

- FLYOUT
Se, após a rebatida, um jogador da defesa pega a bola sem que ela toque no chão, o rebatedor é automaticamente eliminado.

Exemplo de Flyout

Exemplo de Flyout

- GROUNDOUT
Se, após a rebatida, um jogador da defesa pega a bola depois que ela toca o solo e a lança até a 1ª base, onde exista outro defensor pisando nela e que agarre a bola, o rebatedor é eliminado, desde que ele ainda não tenha tocado a própria 1ª base.

Exemplo de Groundout

Exemplo de Groundout

- FORCEOUT
O forceout aplica a mesma lógica do groundout (defensor pisar na base antes do corredor), porém só pode ocorrer na 2ª, 3ª e 4ª bases (home plate). Para que a eliminação aconteça, é necessário que as bases anteriores estejam ocupadas:
– Para ocorrer na 2ª base, deve haver um corredor na 1ª base;
– Para ocorrer na 3ª, deve haver corredores na 1ª e 2ª bases;
– Para ocorrer no home plate, deve haver corredores na 1ª, 2ª e 3ª bases.
Assim, se um jogador estiver na 1ª base e o rebatedor colocar uma bola rasteira em jogo, a defesa pode lançar a bola para o defensor que estiver próximo à 2ª base. Se este pisar na base antes do corredor que estava na 1ª base, então realizará a eliminação do corredor.

Exemplo de Forceout

Exemplo de Forceout

- TAG OUT
Se um jogador da defesa encosta a bola num corredor, que não esteja em contato com uma base, este é automaticamente eliminado.

Exemplo de Tag Out

Exemplo de Tag Out

Também é possível que a defesa realize uma combinação desses tipos de eliminações num mesmo lance. Por exemplo, forceout + groundout, ou seja, eliminar o jogador que estava correndo em direção à 2ª base (forceout) e rapidamente lançar a bola para a 1ª base, antes que o rebatedor chegue até ela (groundout). Neste caso, se caracteriza uma Double Play, eliminando dois jogadores do ataque em uma única jogada.
_

Rebatidas

Nos turnos de ataque, os jogadores do time viram rebatedores. Seu objetivo é conseguir uma rebatida válida. Basicamente, existem dois tipos de rebatidas: o swing normal, em que o jogador faz o movimento completo, e o bunt, no qual o jogador apenas bloqueia a bola, geralmente utilizado para impulsionar um companheiro de equipe que já esteja em base para a base seguinte. Para que se torne uma rebatida válida, é necessário que a bola vá para a parte considerada “dentro do campo” (fair) e que não ocorra uma eliminação no ataque.
Após o contato entre o taco e a bola, o rebatedor torna-se corredor. À partir daí, seu objetivo é correr até a primeira base sem ser eliminado e ainda possibilitar que seus companheiros que estejam em base (caso haja algum) corram até a(s) próxima(s) base(s). Quando um jogador chega em uma base e seus companheiros avançam sem serem eliminados, dizemos que ele está à salvo e que conseguiu uma rebatida válida.
Uma rebatida válida pode ser:
- SIMPLES: o rebatedor vai até a 1ª base com sua rebatida.
- DUPLA: o rebatedor vai até a 2ª base com sua rebatida.
- TRIPLA: o rebatedor vai até a 3ª base com sua rebatida.
- INSIDE THE PARK HOME RUN: o rebatedor vai até a 4ª base (home plate) com sua rebatida (muito rara de acontecer).
- HOME RUN: o rebatedor manda a bola para fora dos limites do campo (geralmente para as arquibancadas) numa área considerada válida, e todos os jogadores em base anotam a corrida (inclusive o rebatedor). Como já citado anteriormente, se ele rebater e a bola sair de campo numa área inválida, será considerada foul.
OBS: Caso o jogador realize uma rebatida em que a bola toque o chão ou no muro e depois saia dos limites do campo, será considerada uma rebatida dupla automática (Ground Rule Double) e todos os jogadores em base avançarão duas bases, assim como o rebatedor.
_

Avançando bases e anotando corridas

Como dito anteriormente, uma vez em base, o jogador está à salvo. Ele permanecerá nesta base até que venha o próximo rebatedor de seu time e enfrente o pitcher adversário. Caso seu companheiro consiga uma rebatida válida, o jogador do ataque que estava na base deve correr para a base seguinte. No total, existem 4 bases, sendo que quando se alcança a quarta base (home plate) à salvo, o jogador anota uma corrida. As corridas são como pontos: o time que anotar mais corridas depois de nove entradas jogadas vence a partida. Há ainda outras duas maneiras de conseguir avançar nas bases:
- ROUBAR BASES
O corredor pode tentar roubar a próxima base enquanto seu companheiro de time enfrenta o arremessador adversário. Para que o roubo ocorra, no momento em que o pitcher realiza o movimento do arremesso, o “ladrão” deve correr até a base seguinte, chegando nela à salvo. A defesa, por sua vez, percebendo a tentativa de roubo, deve tocar o corredor com a bola (tag out), antes que ele chegue na base. Em geral, a eliminação depende de um lançamento forte e preciso do catcher para o jogador da defesa que esteja mais próximo da base que o corredor está tentando roubar.
- ERRO
Caso o time adversário cometa um erro defensivo, os corredores podem tentar correr e chegar à salvo nas próximas bases.
_

Erros

Durante o jogo, podem ocorrer erros defensivos que favorecem o ataque adversário. Os erros mais comuns são:
- LANÇAMENTO ERRADO (THROWING)
Sempre que um jogador da defesa lançar a bola para outro defensor de maneira errada, ou seja, muito alta/baixa ou na direção errada, impossibilitando que o companheiro apanhe a bola, será considerado um erro. Caso o lançamento saia do campo e vá parar na arquibancada, cada jogador do ataque avança automaticamente duas bases.
- DEFESA PERDIDA (FIELDING)
Sempre que um jogador de defesa não conseguir pegar a bola numa defesa considerada fácil, será considerado um erro. Por exemplo, se o jogador do ataque rebate uma bola que vai na direção do Right Fielder, que se posiciona abaixo dela, espera até que caia, porém a mesma bate em sua luva e ele não consegue efetuar a defesa (Flyout), possibilitando ao adversário chegar em base sem ser eliminado, será considerado um erro.
Caso o ataque anote uma corrida devido ao erro defensivo do adversário, o pitcher não será responsabilizado pela corrida (Unearned Run – confira no “Glossário”).
_

Placar

O placar é bem simples de ser entendido. Vamos nos basear na figura abaixo:

placar

-Em VERDE ficam os nomes das equipes. Neste caso, são as iniciais de Arizona Diamondbacks e New York Mets.
-Em AMARELO, abaixo dos números 1 até 9, fica a quantidade de corridas anotadas por cada equipe nas entradas. Neste caso, New York anotou quatro corridas na 4ª entrada, uma na 5ª e mais quatro na 8ª. Repare que há um “x” na nona entrada, pois o New York Mets já havia ganho a partida, já que Arizona não teria mais passagens pelo ataque para tentar reverter o placar.
-Em AZUL, abaixo da letra R, fica o número total de corridas anotadas por cada time durante o jogo. Neste caso, Arizona anotou 6 corridas, enquanto New York anotou 9.
-Em PRETO, abaixo da letra H, fica o número total de hits (rebatidas) conseguidos por cada time. Neste caso, Arizona conseguiu 9 hits, enquanto New York conseguiu 12.
-Em ROXO, abaixo da letra E, fica o número total de erros cometidos por cada time. Neste caso, Arizona cometeu um erro e New York nenhum.
_

Para entender melhor…

Agora você já sabe o básico do beisebol. Para esclarecer suas dúvidas e entender melhor como o esporte funciona, recomendamos que:
– Assista aos jogos. Com certeza em pouco tempo você entenderá melhor o esporte. Atualmente, ESPN e Fox Sports detêm os direitos de transmissão de partidas da MLB para o Brasil.
– Jogue games sobre o esporte. Videogames são bastante intuitivos e rapidamente você começa a entender a dinâmica das jogadas.
– Visite a página “Glossário” aqui do Blog para entender as expressões e abreviações do beisebol.
– Deixe um comentário com suas dúvidas, que o Blog do Beisebol terá a maior honra em respondê-las!

289 Comentários

  1. Pingback: Tweets that mention Blog do Beisebol |Guia do Iniciante (Regras do Baseball) -- Topsy.com

  2. excelente tenho algumas dúvidas;
    durante uma rebatida a bola vai para trás e o catcher segura a bola , o que acontece? e se após rebater a bola vai para trás e o catcher não segurar, a bola cai no chão o que acontece?
    Durante um turno todos os oito atacantes conseguiram ponturar ( chegaram a 4º base ), o nono atacante para pontuar terá que rebater a bola de forma que consiga passar pelas 4 bases sem ser eliminado ?
    Quando um jogador corredor vai da primeira para segunda base, e já exeistia na segunda base um jogador parado que não correu o que acontece? E a equipe de defesa já levou a bola para terceira base, Qual dos dois é eliminado?
    grato
    Eduardo

  3. Olá Eduardo! Vamos às respostas:

    1º) Se o jogador apenas “raspar” o taco na bolinha e o catcher pegar, será considerado uma “Foul Tip”, ou seja, será strike e não eliminação automática. Porém, se o rebatedor já estiver com 2 strikes e rebater uma Foul Tip, será um strikeout (ao contrário das Fouls comuns, um Foul Tip pode ser o 3º strike). Se o catcher não segurar, será uma Foul normal.

    2º) Para de fato pontuar (anotar uma corrida), o nono rebatedor terá de percorrer todas as 4 bases como todos os outros. Na verdade, não existe diferença alguma. Pode ocorrer de, em uma única entrada, o mesmo jogador rebater duas ou mais vezes (neste caso, todos os outros terão de conseguir rebatidas/walks/hit by pitch sem que ocorram três eliminações).

    3º) Se estiver um jogador na 1ª e outro na 2ª base, o rebatedor colocar a bola em jogo e a defesa jogar a bola até a 3ª base, aquele que estava na 2ª base (e que no caso, não correu o suficiente) será eliminado. Lembrando que dois jogadores nunca podem ocupar a mesma base!

    Espero ter esclarecido as dúvidas! Se tiver outras, não hesite e pergunte.
    Grande abraço!

  4. PODERIA ME ESCLARECER COMO É FEITA O SISTEMA DE JOGOS DA TEMPORADA REGULAR DA MLB?
    NÃO CONSEGUI NENHUMA LITERATURA QUE EXPLIQUE. EU ACOMPANHO ALGUNS JOGOS PELA ESPN HD E TAMBÉM PELO SITE OFICIAL DA MLB. POR QUE DOIS TIMES SE ENFRENTAM QUASE UMA SEMANA INTEIRA ENTRE ELES? EXISTE UMA QUANTIDADE X DE JOGOS QUE PRECISA SER FEITA ENTRE ELES?

    • Olá Ezio! Durante uma temporada na MLB, cada time realiza 162 jogos. Os times são divididos em 3 divisões (Leste, Oeste e Central) e duas ligas (Americana e Nacional). Portanto, são 6 divisões no total. Ao final da temporada, quando todos os times já tiverem completado 162 jogos, o time que terminar com a melhor campanha de cada divisão se classifica para os playoffs. Classificam-se ainda mais dois times: o melhor segundo colocado de uma das divisões da liga Americana e o melhor segundo da liga Nacional. Com os 8 times, é formado o “mata-mata”, para definir quem será o campeão.

      Referente aos jogos seguidos entre os mesmos times: isso ocorre porque como são muitos jogos durante a temporada e cada time jogo quase todo dia, ficaria inviável fazer apenas um jogo contra time X e depois viajar para jogar contra o time Y. Seria muito cansativo para as equipes, que teriam que ficar voando de um lado para o outro dos EUA, e, por isso, são feitas essas séries de jogos entre os mesmos times, que geralmente são de 3 partidas seguidas.

      Para entender melhor, confira a página: http://www.blogdobeisebol.com/mlb/como-funciona-a-mlb/ aqui do site.

      Abraço!

  5. Parabens pelo blog, me ajudou muito a entender o jogo. Fiquei somente com uma duvida. Afinal qtos pontos valem um Home Run…Agora mesmo vendo o jogo do Red Sox contra Twins o Papi fez um home run e valeu 3 pontos, logo em seguida o outro rebatedor que o substituiu fez outro home run e so valeu 1 ponto. Desde ja agradeço a ajuda..

    • Olá Alex! Bom, a pontuação de um home run varia de 1 a 4. Isso depende de quantos jogadores estão em base. Por exemplo, quando o Davi Ortiz bateu o home run, havia um jogador do Red Sox na 1ª base e outro na 2ª, portanto os três anotaram as corridas (os dois que estavam em base e o próprio Ortiz). Quando o outro jogador rebateu um home run, não havia nenhum outro companheiro de time em uma das bases, logo, somente ele anatou a corrida, marcando apenas um ponto.

      Abraço!

  6. Primeiramente, parabens pelo otimo blog, o baseball acabou de ganhar + um Fã.
    Gostaria de saber caso os rebatedores de uma equipe não sejam eliminados, qdo q muda de turno? até os 9 rebaterem? e quanto tempo dura um jogo de baseball?o catcher tbm rebate?
    Valew, abraço…

    • Olá Roger! Primeiramente, obrigado pelo elogio.
      Quanto às dúvidas:
      – Até que 3 jogadores sejam eliminados, o time continua rebatendo. Caso os 9 jogadores rebatam na mesma entrada, a sequência começa novamente (o primeiro jogador rebate novamente, depois o segundo, terceiro…) até que aconteçam as 3 eliminações.
      – Os jogos duram, em média, entre duas e três horas. Porém, existem casos em que jogos chegam a durar até 5 horas ou mais!
      – Sim, os catchers rebatem normalmente. A única posição que não rebate são os pitchers (arremessadores) na American League. Neste caso, os designated hitters entram para rebater em seu lugar.

      Abraço!

  7. Dúvida:

    O rebatedor manda uma bola alta e é eliminado pelo Right Fielder por exemplo.

    Suponha que no momento da rebatida há um jogador na 2º base e corre para a 3º base. esta corrida é válida ? ou ele não pode correr ? ou ele também é eliminado ?

    • Bom Josimar, neste caso, o jogador da 2ª base só poderá correr para a 3ª base quando o Right Fielder efetuar a defesa. Assim que a bola encostar na luva dele, o cara que estiver na 2ª base poderá correr. Porém, se ele correr antes da bola do Right Fielder fizer a defesa, ele terá que voltar até a 2ª base e só poderá correr depois que pisar nela. Se um jogador da defesa estiver com a posse da bola e pisar na 2ª base antes do corredor, então esse corredor será eliminado.

  8. Cadê o nome do Boston Red Sox na relação “conteúdo por time” no site. É simplesmente o mais tradicional dos times de baseball da liga americana. Mancada heim! Go Red Sox!!!

    • Realmente João, foi um deslize meu. Na verdade, tenho quase certeza que eles estavam na lista, mas quando fui tirar o Florida Marlins pra colocar o Miami Marlins eu tive que mexer na lista inteira e devo ter deletado os Red Sox por engano! Já corrigi o erro.
      Obrigado pelo aviso!

  9. Olá! Acabei de virar um fã de baseball, estou aprendendo aos poucos, uma perguntinha, se eue stiver na segunda base esperando pra voar na terceira, eu posso ficar dando uns passinhos pro lado aos poucos, aliás, eu posso roubar a base enquanto o pitcher não estiver olhando? (huahuahua) Quando é que eu posso roubar uma base?
    Mais uma coisa, material de baseball é um pouco caro aqui no Brasil, (eu só encontro em loja de esporte de shopping) pra convencer meus amigos de uma partia de baseball fica impossivel agarrar aquela bola sem luva, vc sabe o q pode substituir?

    • Olá Eder!
      Bom, em relação à primeira pergunta, você pode se mexer e tentar roubar a base quando quiser. O que acontece é que todos roubam as bases quando o pitcher está fazendo o movimento do arremesso, para que tenham maiores chances. Se você correr enquanto o pitcher não faz o movimento do arremesso, alguém da defesa pode alertá-lo e assim o corredor seria facilmente eliminado.

      Já a segunda pergunta é mais complicada haha. O que pode ser feito é utilizar o boné como luva, segurando ele pela aba e a bola caindo onde coloca a cabeça. Mas, nesse caso, teriam que fazer arremessos “leves”, porque se for arremessar forte não vai ter como defender (e as chances de acidentes são altas!).

  10. tenho uma tia que esta em Nova Yorke e pedi para ela me trazer uma camisa dos yankees e uma luva
    existe alguma diferença entre as luvas, dependendo da posição do jogador? por exemplo, se existe alguma diferença entre a luva de um pitcher e um 1B

    outra duvida
    quantos reservas um time pode ter no banco de uma partida?
    podem ser feitas quantas substituições?
    na posição de pitcher as substituições sao ilimitadas, certo?

    e por ultimo…
    a ordem dos rebatedores é escolhida jogo por jogo?
    pode ser mudada no meio do jogo?

    antecipadamente agradeço a todos

    • Vamos às respostas:

      1) As luvas variam de acordo com a posição na defesa. Por exemplo, a luva de um 1B é maior e mais larga que a de um outro jogador do infield (2B, 3B ou SS), pois ele recebe diversos lançamentos ao longo do jogo e precisa garantir que as bolas não passem reto e ele seja capaz de fazer a eliminação. Já os outfielders têm luvas mais fundas, pois recebem várias flyballs e, tendo um espaço mais fundo na luva, facilita pegar bola que caem em alta velocidade sem que ela bata na luva e saia da mesma.

      2) Um time pode ter até 25 jogadores numa partida, sendo 9 (National League) ou 10 (American) titulares e os outros reservas.

      3) O técnico pode fazer quantas substituições quiser, até que esgote seu número de jogadores no banco de reservas. Lembrando que, ao contrário do basquete ou futebol americano, se um jogador é substituído, ele não pode voltar ao jogo.

      4) A ordem dos rebatedores é escolhida a cada jogo, de acordo com a vontade do técnico. Porém, durante a partida, a sequência não pode ser alterada. Por exemplo, se a ordem que começa a partida é João, Carlos e Pedro, essa sequência permanecerá até o fim do jogo. Se algum deles for substituído, o jogador que entrar em seu lugar ficará obrigatoriamente na mesma ordem.

      É isso. Mais dúvidas é só perguntar!

  11. como funciona o playoff da mlb?
    eu sei que existem duas conferencias e tres divisoes em cada uma

    e porque uma conferencia tem 2 times a mais do que a outra?
    valeu!

    • Bom, 4 times de cada conferência classificam-se aos playoffs sendo os três campeões de divisão e o melhor segundo colocado (wild card). São feitas então as semi-finais das ligas, as finais e o campeão de cada liga vai pra World Series. Para mais detalhes, por favor dê uma conferida nessa página:
      http://www.blogdobeisebol.com/mlb/como-funciona-a-mlb/

      O motivo de ter 14 times numa conferência e 16 times na outra se deve ao fato de que se fossem 15 e 15, sempre ficaria uma equipe de cada liga sem jogar ou teriam que jogar contra um time da outra liga. Dessa forma teríamos jogos interligas durante toda a temporada, porém na época em que montaram a divisão atual isso não foi visto com bons olhos…
      Porém, a partir de 2013 isso mudará, pois Houston Astros será movido da NL Central para a AL West, deixando todas as divisões com 5 times e cada conferência com 15. E é bem provável que tenhamos jogos interligas todas as rodadas, para que nenhuma equipe fique sem jogar.

      Abraço! Mais dúvidas é só postar.

  12. bem explicado!
    agora eu entendo o porque

    ganhei a luva de beisebol!
    nela vieram algumas instruções, tipo passar algum oleo especial, e depois fecha-la com uma bola dentro e colocar um elastico pra segurar
    eu pesquisei e vi que realmente os americanos fazem isso

    devo fazer antes de usa-la? ou so quando eu perceber que ela esta “desidratada”?

    • Olha, agora eu vou ser bem sincero com você: eu nunca joguei de verdade. Apenas brincava de fazer catches com a luva de um amigo. Então, prefiro não dizer quando utilizar o óleo, pois estaria apenas palpitando. Nesse caso é melhor perguntar para alguém que jogue. Essa eu fico te devendo!

  13. tranquilo…

    tenho mais uma duvida (quanto mais eu me interesso, mais duvidas aparecem)

    qual a diferença entre 1B, 2B, 3B e o inter-base (não sei se esse é o nome correto)? eles praticamente tem o mesmo trabalho, não?

    e os outfielders? existe alguma diferença entre o da esquerda, o do meio e o da direita?

    entre os infielders e os outfielders eu penso que a grande diferença esta na velocidade, pois os outfielders tem de se deslocar mais. estou correto?

    abraços

    • Basicamente o trabalho dos infielders é não deixar as bolas rasteiras passarem, sempre tentando eliminar o rebatedor adversário. A grande diferença é que o 2B e o shortstop (ou inter base mesmo) precisam cobrir uma área maior, cobrindo sua direita e sua esquerda. Além disso, precisam de precisão e força nos lançamentos para o 1B realizar as eliminações. O 1B, em geral, é o “slugger” do time, ou seja, o rebatedor de força. Como são jogadores fortes/grandes, têm menos mobilidade e acabam ficando na 1B, pois cobrem uma área menor. O mesmo vale para o 3B, apesar deste precisar de um bom braço para realizar os lançamentos pra 1B. Resumindo, a ordem da posição na defesa mais fácil para a mais difícil é: 1B – 3B – 2B – SS.

      No outfield também existem algumas diferenças. Os três precisam de velocidade, mas o center fielder em especial precisa ser ágil. Isso porque ele cobre uma área maior que o RF e o LF, tendo que correr grandes distâncias em poucos segundos. Já o right fielder, geralmente, é um jogador com braço forte para realizar arremessos para o infield, buscando impedir que corredores adversários avancem mais bases ou ainda tentando eliminá-los em sacrifice flies (jogadas de sacríficio). O left fielder também precisa ser rápido e ter um braço potente, porém não tanto quanto os outros dois. Resumindo, a ordem do outfield seria: LF – RF – CF.

      A diferença do outfielder e do infielder, além da velocidade, também está relacionada à agilidade, mobilidade, tempo de reação e leitura da rebatida. Jogadores altos dificilmente jogam em posições como 2B e SS, pois não têm tanta mobilidade e costumam ser menos ágeis do que jogadores mais baixos.

      Abraço!

  14. obrigado pela resposta. foi a mais completa que já recebi. só fiquei em duvida em uma coisa. porque as posições de left e right fielders tem funções diferentes? Eles não ocupam o mesmo espaço no campo, só que de lados diferentes? Obrigado

    • Basicamente a função defensiva dos dois é a mesma sim. Porém, a grande diferença está na distância do lançamento para a 3B. Digamos que um time tenha um jogador na primeira base e o rebatedor consiga uma rebatida simples para o right field. O jogador que estava na 1B corre para a 2B com possibilidades de correr para a 3B. Tendo um cara com um braço forte no Right Field fará o corredor pensar duas vezes se vale ou não a pena tentar avançar mais uma base. E mesmo que ele arrisque, ainda existe a possibilidade do RF fazer um lançamento forte para a 3B e conseguir a eliminação.

      Se a situação ocorresse com a bola rebatida para o LF, a distância para a 3B seria menor, portanto não haveria a necessidade de um braço tão forte para o arremesso.

      Bom, de um modo geral é isso, já que a distância para a 2B e para o home plate é a mesma tanto do left quanto do right field.

  15. se um jogador esta na primeira base e o seu companheiro de time rebate uma fly ball:
    a) se o jogador da primeira base correr no momento em que seu companheiro acerta a bola e este é eliminado, o que acontece com o jogador da primera base se ele chegar na segunda base?
    b) ele deve esperar seu companheiro ser eliminado para correr?

    lançar uma bola alta na zona de strike:
    a) é uma boa, pois é bom revezar
    b) não é bom porque fica mais facil para o rebatedor
    c) depende do rebatedor
    qual das 3 opções é a mais correta?

    lançar uma bola fora da zona de strike de proposito, só para testar o rebatedor ( tipo lançar fora e tentar um strike pois o rebatedor achou que a bola estava dentro da zona)
    isso existe, ou eles sempre tentam acertar a zona de strike?

    valeuu

    • 1) Sim, o jogador que estava na primeira base só poderá correr para a segunda depois que seu companheiro for de fato eliminado, ou seja, a bola encostar na luva do defensor adversário. Se ele correr antes e seu companheiro for eliminado, ele deverá correr de volta para a 1B. Se a bola chegar na 1B antes dele voltar, ele também será eliminado.

      2) Lançar alto na zona por lançar nunca é uma boa ideia. A bola alta na zona de strike é aquela que a maioria dos jogadores gosta de rebater. Claro que um pitcher pode arremessar uma bola alta para variar, mas quando fizer isso deve arremessar fora da zona. Isso porque a bola será tão alta que sairá da zona de conforto do rebatedor e pode acarretar numa foul ball.

      Existe sim lançar uma bola fora da zona propositalmente. Em geral isso ocorre quando o pitcher está em vantagem na contagem, por exemplo 2 strikes e 1 ball. O arremessador pode fazer um lançamento com efeito que vá parar fora da zona de strike, buscando que o rebatedor vá para o swing, mas erre a bolinha.

  16. otimas respostas! mais uma vez, valeu!

    o que voce sabe sobre o pitcher japones yu darvish, que foi contratado pelo texas rangers?
    eu vi alguns videos dele e li alguns comentarios. parece que ele é realmente bom.
    mas será que ele está no nivel de jogar a MLB?
    ele tem nivel para ser o “ace” do time?

    • Confesso que não acompanho a NPB (liga japonesa) tão de perto, mas o Darvish é bom sim. Muito bom, aliás. Ele tem apenas 25 anos e desde os 20 já destruía na NPB. Claro que existe uma diferença gigantesca entre as duas ligas, mas se tem um arremessador japonês que possa chegar na MLB e ter sucesso, esse cara é o Yu Darvish. Ele tem porte de ace sim, ainda mais no Texas Rangers, onde não há um arremessador “top”. Mas só dará pra fazer uma análise de verdade no final da temporada.

      Por enquanto, minhas expectativas são altas. Se fosse para apostar, diria que ele vai ter uma boa temporada de estreia. Algo como 13 vitórias, 180 entradas e ERA em torno de 3.50, o que seria ótimo para qualquer estreante.

  17. Você sabe algum site em que posso acompanhar a NPB? Ver os jogos ao vivo? E a MLB?

    O que acontece se em um strike, o catcher não segura a bola? (eu sei, e muito raro de acontecer) por exemplo em um strike out, o rebatedor seria eliminado?

    Obrigado mais uma vez! A cada dia tenho mais certeza que este blog e o melhor sobre beisebol no Brasil!

    • Da NPB eu não sei não. Da MLB você pode assinar a MLB TV, que dá direito a você assistir todos os jogos da temporada regular e dos playoffs (cerca de 80 dólares, se não me engano).
      Tem um site chamado Wiziwig, onde alguns caras compartilham a transmissão de graça. Basta baixar um programa e utilizar o link que eles disponibilizam.

      No caso, se for o terceiro strike e o catcher não segura a bola, o rebatedor tem o direito de correr para a 1B, pois é considerado bola em jogo. Nesse caso, o catcher deve arremessar a bola para a 1B ou fazer o tag no rebatedor para que a eliminação de fato ocorra. Se o corredor chegar antes que a bola, ele estará a salvo e tem o direito de permanecer na 1B. Se for o primeiro ou o segundo strike, é considerado strike normal e o jogo continua.

      Valeu pelos elogios! Fico feliz em saber que o blog está agradando.
      Abraço!

  18. Cara parabens pelo otimo site ,jogo Baseball a 1 ano e realmente é um esporte incrivel ,eu jogo como First aqui no Paraná e de vez em quando o treinador da seleção brasileira de Baseball vem aqui dar uma ajudinha.Pena que não tem muitas pessoas que se interessem por Baseball aqui no Brasil.

    Sabe de algum site onde pode assistir partidas completas online gratis?

    • Olá Matheus.
      Primeiramente, obrigado pelos elogios.
      Sobre o site, tem um chamado Wiziwig, onde alguns dos usuários compartilham a transmissão de graça. Dê uma procurada no Google que você achará.
      E que legal que você joga! Realmente é um esporte apaixonante e que merecia receber uma atenção maior aqui no Brasil. Bom, quem sabe num futuro isso seja possível…
      Abraço!

  19. O time A tem um jogador na primeira base. O rebatedor do time A rebate e corre para a 1b enquanto o jogador que estava na 1b corre para a 2b. Na hora de eliminar, o SS passa a bola para o 2b, eliminando o corredor que vinha para a 2b e consegue, porém o corredor eliminado, querendo fugir da eliminação, se jogou na base e atingiu o 2b, que caiu e não pode eliminar o jogador que corria para a primeira base.
    O que acontece?
    a) se a eliminação era certa
    b) se a eliminação era duvidosa.
    Valeu mais uma vez, blog do beisebol!

    • Nesse caso, o corredor que ia da 1B para a 2B seria eliminado, porém o rebatedor que correu para a 1B estaria à salvo.

      Atingir o adversário enquanto corre para a 2B é considerado parte do jogo, principalmente quando o corredor tem a real chance de chegar na base antes da eliminação. Porém, as slides (aqueles carrinhos que os jogadores dão) muito agressivas e que não teriam chances de chegar na base são mal vistas pelos jogadores, consideradas anti-éticas.

  20. 1) Como funciona a eliminação por ” toque”? Devemos tocar a luva com a bola  no jogador do outro time para estar feita? E se o jogador já tiver o controle da bola e tocar no corredor com a mão sem a bola? Serve?

    2) qual a maior diferença entre um 2b e um SS? Porque dizem que o SS e o jogador mais ágil da defesa?

    3) o que são aqueles objetos que alguns rebatedores usam nas pernas? E como se fosse uma caneleira. Para que servem?

    4) quando o 1b tem que se deslocar pra pegar uma bola rebatida,  pra quem ele passaria a bola para eliminar o corredor, caso ele esteja longe demais para correr até a base, pro pitcher ou pro 2b?

    Quanto mais eu me interesso, mais duvidas aparecem. Um dia quero ser um conhecedor do beisebol como você. Valeu!

    • Vamos lá

      1) Para a eliminação (tag out) se concretizar, o jogador deve tocar o outro com a mesma mão em que tem posse da bola. Se ele estiver com a bola na luva, deverá tocar com a luva. Se estiver com a bola na mão sem a luva, deverá tocar com a mão sem a luva.

      2) Na teoria, a tendência é que destros rebatam na diagonal para a esquerda (posição onde se encontra o shortstop), enquanto os canhotos rebatem para a diagonal direita (onde está o 2B). Como existem mais rebatedores destros na liga, o jogador mais exigido da defesa no infield é o SS. E como ele fica a uma distância maior que o 2B em relação a primeira base, ele precisa fazer o movimento mais rapidamente para arremessar a bola para o 1B tentando realizar a eliminação.

      3) São protetores. Eles têm uma função parecida com a caneleira mesmo, que é de prevenir possíveis pancadas na perna. Só que essas pancadas seriam da própria bola. Alguns jogadores tem tendência de rebater algumas foul balls na direção da própria perna. E isso dói bastante. Então, eles usam aquilo para proteger a perna que fica na frente (direita no caso dos rebatedores canhotos, esquerda no caso dos destros).

      4) Isso vai depender de quem fará a cobertura da primeira pase. Em geral, como o 2B também tentará realizar a defesa, quem faz essa cobertura na maioria das vezes é o pitcher.

  21. quais as melhores posições do beisebol para os canhotos?
    eu li que quase nao existem canhotos nas posições de 2B, 3B e SS, isto porque para um destro essas posições são mais naturais, pois um canhoto teria que virar o corpo todo pra lançar e isso gastaria mais tempo.
    eu li também que um canhoto rebate melhor a bola do que um destro, normalmente.

    isso tudo é verdade?
    quais são as melhores posiçoes para os canhotos?
    nas posições de outfielder, para um canhoto, é melhor ser LF, RF ou CF?

    abraços

    • É verdade sim, que canhotos dificilmente jogam como 2B, 3B ou SS. Catcher então, nem pensar. Para os destros, os movimentos são mais naturais, principalmente levando em conta que a maioria das eliminações ocorrem na primeira base… Imagina um 2B fazendo a defesa numa bola rasteira e tendo que lançar para o 1B. Ele teria que inverter toda a base do seu corpo e isso seria desperdício de tempo.
      Aos canhotos, resta mesmo jogar como 1B ou outfielder.

      Porém, não existe isso dos canhotos serem melhores rebatedores que os destros. Isso varia de jogador para jogador. Além do mais, muitos destros rebatem como se fossem canhotos, pois a mão dominante durante o swing continua sendo a direita.

      Já no outfield, não faz muita diferença ser destro ou canhoto. Talvez uma pequena vantagem para destros no RF e canhotos no LF em defesas perto na linha de foul, já que a luva estará do lado “certo”, mas nada que mude muita coisa. No CF são rigorosamente iguais.

      Abraço!

  22. quando o jogador está na terceira base e corre para o home plate, este só poderá ser eliminado por tag out?

    quando um jogador tenta roubar uma base, este tambem so poderá ser eliminado por tag out?

    abraços

    • Sim, no caso de não ser rebatida e só tentativa de roubo de base, só o tag out elimina o jogador nas duas situações.
      No home plate, se houver colisão entre o corredor e o catcher adversário, e o catcher soltar a bola, mesmo que tenha feito o tag, não será out, pois ele deve ter o domínio da bola ao final da jogada.
      Abraço!

  23. As três eliminações necessárias para encerrar o turno do ataque são apenas eliminações de rebatedores ou eliminações de corredores já nas bases (por tag out ou force out) tb entram nessa conta?

  24. entendi…
    mas no home plate, existe a eliminação pela “base” (quando o jogador vai em direção ao home plate e por exemplo o catcher ja tem o controle da bola e o pé sobre a base)?

    um jogador está em alguma base. seu companheiro de time rebate a bola e ela é pega por um dos outfielders antes de tocar o chao e está eliminado.
    ao que estava na base, ou resta correr em direção a proxima base depois da defesa do outfielder ou retornar a base em que estava, certo?
    para ele correr até a proxima base, ele deveria estar com algum pé sobre a base, ou ele ja poderia ir andando devagar antes da rebatida de seu companheiro e completa-la somente apos a defesa do outfielder?

    • A única possibilidade de existir uma eliminação no home plate sem o tag out é ter bases lotadas. Nesse caso, se após uma rebatida fraca a defesa mandar a bola para o catcher e ele pisar na base antes do corredor que vinha da 3B, será um out.

      Após a eliminação ser concluída, ele obrigatoriamente deve pisar na base em que já estava para ter o direito de correr para a próxima. Em geral, nas jogadas de sacrifício, o corredor fica pisando na base já na posição para correr e assim que um outfielder faz a eliminação, ele avança, afinal, já estava pisando na base original.

  25. uma curiosidade sobre o filme moneyball
    no filme, billy beane é um ex jogador que nao deu tão certo quanto se esperava dele
    tem uma parte do filme, em que mostra 2 recrutadores do new york mets falando com os pais do billy para ele nao jogar na universidade e pular direto pro profissional
    isso ainda pode acontecer?
    e eles falam que o billy domina 5 posiçoes! voce sabe quais?
    é realmente possivel um jogador saber jogar em 5 posições?

    • Existem jogadores (normalmente reservas) que são chamados de “utility man”. Eles recebem esse nome porque conseguem jogar em diversas posições da defesa. Em geral, um cara que é bom SS e 2B, consegue se arriscar também na 3B. A 1B é a posição mais fácil da defesa, então não há problema. Jogar no outfield requer velocidade, porém também é possível se arriscar lá. Então é possível sim jogar em 5 posições diferentes, mas logicamente ele não terá a mesma qualidade em todas.
      Não sei se o Beane chegou a jogar em todas essas posições, sei que ele foi outfielder. Mas é bem comum jogadores jovens mudarem de posição e aprender a jogar em mais de uma.

      Atualmente, um bom exemplo é o utility Willie Bloomquist, do Arizona Diamondbacks. Ao longo da carreira na MLB, ele já jogou na 1B, 2B, SS, 3B, RF, LF e CF. Ou seja, só faltou jogar como catcher e pitcher!

  26. Sei que e humanamente impossível um mesmo jogador jogar todos os jogos da temporada regular da mlb. Por isso há o revezamento de pitchers ( são 5, certo ? ). Há o revezamento das outras posições? Quantos jogadores são na rotação? Qual o numero médio de jogos que um não-pitcher faz durante a temporada regular? E nos playoffs?

    • Nas outras posições os revezamentos não são como dos pitchers, que jogam uma partida a cada 5. Os rebatedores podem ser poupados em alguns jogos ou acontece o revezamento de acordo com o arremessador adversário (se ele for canhoto, um rebatedor destro tem a preferência, contra pitchers destros, jogam os rebatedores canhotos). Isso só vale para jogadores medianos, já que os bons jogam tanto contra destros quanto contra canhotos.

      Numa rotação de arremessadores, os times podem escolher o número desejado, mas todos acabam usando 5 pitchers. Nos playoffs, as rotações geralmente são de apenas 4 arremessadores e em alguns casos somente 3.

      Um rebatedor titular joga em torno de 140 a 150 jogos dos 162 na temporada regular. Alguns chegam a jogar todos os 162 jogos, apesar disso ser raro hoje em dia. Em 2012. por exemplo, Prince Fielder jogou os 162 que os Brewers fizeram.

      Já nos playoffs os revezamentos acontecem de acordo com os arremessadores adversários. Como todo jogo na pós-temporada é muito importante, os técnicos tentam tirar o melhor de seus times e muitas substituições são feitas ao longo das partidas.

      Em geral é isso. Garantia de revezamento acontece só na rotação titular dos arremessadores. O resto varia muito de time pra time e jogo pra jogo.

  27. Valeu pelo esclarecimento
    E existe rotação entre os pitchers que entram só pra terminar o jogo? Tipo Brian wilson e Mariano rivera.
    Esse pitcher pode jogar 2 jogos ou mais seguidos? Na pos-temporada eles conseguiriam jogar todos os jogos?

    E sobre um pitcher starter, digamos que o pitcher 3 da rotação esta tendo um péssimo dia. O tecnico então resolve substitui-lo. O substituto seria o pitcher numero 4? No próximo jogo o numero 5 jogaria?

    • Esses pitchers que entram para fechar os jogos (closers) conseguem sim arremessar alguns jogos seguidos, pois arremessam apenas uma entrada por partida. Eles podem arremessar três dias seguidos sem problema nenhum. No caso, os dois só entram em jogos que estão com o placar apertado e por isso dificilmente é necessário que joguem 5 partidas consecutivas, por exemplo. Mas nos playoffs,u se for necessário, eles conseguem jogar quase todos os jogos.

      Bom, se o pitcher 3 chegou a começar o jogo, aí o técnico utiliza somente os pitchers reservas (relievers). Mas se você quis dizer que o 3 não pode começar o jogo por um problema (seja de saúde ou qualquer outro), aí o técnico pula o “start” dele e o pitcher 4 jogaria. No dia seguinte, seria o 5.

  28. Porque alguns times de beisebol não tem capitão? Somente alguns times da Mlb tem. Isso e normal?

    E existe algum pitcher que e ou foi capitão? Entendo que para capitão, devemos escolher algum jogador que não seja pitcher porque jogam mais vezes e com isso estão mais presentes na equipe. Estou certo?

    • Opa, desculpa a demora pela resposta. Estive ocupado e acabei não vindo ver as mensagens…
      Bom, esse cargo de capitão acaba sendo simbólico. Realmente são poucos capitães na MLB, como Derek Jeter nos Yankees, Paul Konerko nos White Sox e até pouco tempo, Jason Varitek nos Red Sox. O cara escolhido é experiente, exemplar (não arranja confusão), respeita e é respeitado, sabe lidar com o grupo e o mais importante: tem o perfil de líder. É difícil que um jogador reúna todas essas características e por isso acabam sendo poucos capitães. Fora que como as equipes já tem um manager, ele acaba tendo esse cargo também.

  29. Jogos de beisebol são permitidos sob chuva ou neve?
    Eu nunca vi. Na Mlb e nas outras ligas pelo mundo existe isso?
    Se não, o que acontece?

    • - Se a chuva estiver bem fraquinha o jogo ocorre sem problemas, porém se começar a ficar mais forte, os juízes fazem uma pausa e esperam para ver se passa. Se ela passar, voltam a jogar, se não, o jogo é cancelado e jogado em outra data.
      – Se a chuva for muito forte antes do jogo, dão um tempo para ver se pára. Se não parar, cancelam para outro dia.
      – Não há jogos no inverno, portanto não há o risco de neve (a menos que ocorra algo fora do comum).

      Geralmente, quando jogos são cancelados, marcam para o dia seguinte, caso o jogo seja novamente entre os 2 times. Aí temos as doubleheaders (um jogo à tarde e outro à noite). Se for contra outra equipe, agendam para uma data aberta.

  30. Boas

    Estou a ver o jogo de abertura entre os Rangers e os White Sox e isto foi uma situação que já vi acontecer nos jogos do ano passado, mas nunca percebi, e aconteceu no jogo de hoje.
    Aquando da vez do Nelson Cruz bater, o lançador arremessa uma bola que passa por baixo do catcher (creio ser um wild pitch) mas o Cruz faz o Swing, mas mesmo assim ele corre para a primeira base, eu pensava que isso só poderia acontecer se ele não fizesse o swing. Por que acontece isso?

    • Quando o terceiro strike é um wild pitch, o rebatedor tem o direito de correr para a 1B, mesmo que ele tenha ido ou não para o swing. Ou seja, ele sofre o strikeout, porém, como o catcher não tem a posse da bola, o rebatedor pode correr para a 1B e, se chegar lá antes do lançamento, ele estará a salvo e será um corredor.
      Abraço.

  31. Parabéns pelo site, eu sei que a maioria dos pitcher tem no maximo 4 arremesos, por acaso existe algum pitcher que consiga usar todos os tipos de arremesos tradicionais em alto nivel!

    • Olá Eduardo.
      É bem difícil um pitcher ter todos os arremessos em alto nível. Existem jogadores com 5 arremessos, e alguns até com 6 (como o Yu Darvish), porém não são todos que são excelentes. Em geral, o arremesso de confiança são as bolas rápidas (fastballs) e aí o pitcher tem outros arremessos que são considerados “plus”, como uma boa slider ou curveball. Em geral, os aces são capazes de dominar uma maior quantidade de arremessos.
      Por exemplo, o Pedro Martinez, nos seus melhores dias, conseguia arremessar fastballs, cutter, changeup e curveball em alto nível.

  32. uma bola rebatida, para ser considerada boa, deve sempre estar dentro do campo, ou após o primeiro toque no chao (na parte valida do campo) ela pode sair?
    por exemplo, o rebatedor acerta a bola, que quica dentro do campo e o segundo quique é do lado de fora. a jogada é valida?

    nas situações de bunt, quando a bola é considerada valida nas mesmas situações?

    • Se a bola quica no chão e vai para a aréa de foul ball ou arquibancadas, ela é considerada válida. Porém, se ela tocar no parte válida do campo e ir pra a zona de foul ball entre o home plate e a 1B ou entre o home plate e a 3B, ela será considerada foul. Portanto, depois que passar pela 1B ou 3B, a bola pode ir para qualquer lugar e será considerada uma rebatida válida, mas se for antes da 1B ou 3B, será foul ball.
      Para os bunts vale a mesma coisa. Mesmo que a bola pingue 5 vezes na parte válida e depois vá para fora antes de passar pela 1B ou 3B, será uma foul ball.
      Abraço.

  33. PARABÉNS PELO SITE, ÓTIMO, ÓTIMO, ÓTIMO… CONSEGUI ENTENDER O BEISEBOL GRAÇAS A SUAS DICAS.

    Uma dúvida, quando um rebatedor rebate a bola e corre até a primeira base, ele fica lá e outro vem rebater, ou uma pessoa fica na primeira base representando e ele volta para continuar rebatendo normalmente. (não cheguei a assistir um jogo ainda ,vou ver hoje yankes e red sox por isso a pergunta besta)

    • Olá Gabriel. Obrigado pelos elogios!
      Bom, quanto a sua dúvida, o jogador que consegue a rebatida é o mesmo que ficará na primeira base. A única exceção seria o técnico colocar um “pinch runner”, que ficaria no lugar dele na primeira base. Nesse caso porém, o jogador que conseguiu a rebatida estaria fora da partida, já que foi substituído.
      Abraço.

    • Geralmente os managers optam por uma rotação de 4 jogadores, já que sempre tem um dia de descanso para a viagem de uma cidade até a outra.
      De vez em quando utilizam apenas 3 starters, como os Yankees fizeram na campanha de 2009 e na ALDS do ano passado.

  34. Gostaria de sua opinião sobre dois jogadores pra vc quem é o melhor entre tim lincecum e felix henandez e quais são os melhores arremessos que cada um tem

    • Olá Vinicius.
      Cara, que pergunta difícil hein. Ambos são muito bons e muito talentosos, não tem uma resposta certa. Mas não quero ficar em cima do muro, então vou escolher o Lincecum, por uma diferença muito pequena. Acho o Lincecum um pouquinho mais talentoso, além de ele ter uma mecânica de arremessos totalmente diferente, enfim, num dia inspirado, ele tem pitches melhores.
      Masss se fosse pra escolher um pro meu time, escolheria o Hernandez. Gosto de sua postura de sempre estar lutando, colocando energia em cada arremesso, além de ter mais porte de ace e conseguir variar um pouco mais a quantidade de arremessos.

      Quanto aos melhores arremessos, creio que de ambos sejam a changeup. O Lincecum usa muito esse arremesso para o 3º strike e tentar conseguir o strikeout. O Hernandez tem uma changeup que atinge uma velocidade bem alta e quebra bem perto do home plate, confundindo bastante os adversários. Gosto também da bola rápida de 2 costuras (2-seam) dele, que corta bastante para a direita e é bem efetiva contra canhotos.

      Bom, essa é minha opinião. De qualquer forma, os dois estão na elite da liga.

  35. Oalá, estou indo a San Francisco em férias com a família e queríamos ir a um jogo de baseball. Qual a duração da partida? Há jogos na hora do almoço e outros de noite, qual o mais interessante? Pela tabela vi que dois times jogam dois dias seguidos, por que? É aconselhavel para crianças pequenas?
    Obrigada pela atenção, Lídi

    • Olá Lídia. Que legal ir para San Francisco.
      Bom, uma partida dura em média entre 2:30 e 3:00 horas.
      Sobre o horário dos jogos, eu particularmente prefiro o da noite, com o estádio iluminado o espetáculo fica ainda mais legal. Porém, como você estará com crianças, talvez fique um pouco tarde para elas. Além disso, nos jogos à noite, a torcida costuma ser um pouco mais agitada. Se as crianças forem muito novas, a melhor opção é ir no horário da manhã.

      Os times jogam muitas partidas durante a temporada (162), é uma tradição. E eles se enfrentam em “séries”, ou seja, um time joga contra o outro por três dias seguidos. Por isso, é comum ver o calendário cheio de jogos agendados.

      Por fim, é um programão, mesmo para quem não entende muito do esporte. O estádio dos Giants (AT&T Park) é um dos mais bonitos que há. Fica ao lado do mar, tem uma vista maravilhosa. Opções de restaurantes não faltam, desde pizzas e hot-dogs até comida japonesa. É um programa bem familiar!

      Obrigado pela visita. Mais dúvidas, é só perguntar.

  36. Os pitchers reservas (fora da rotação titular) sao piores do que os titulares ou apenas não tem tanta resistência? E por isso entram mais no fim da partida e lançam menos bolas?

    Nos casos dos reservas que se tornaram titulares, a contagem de vitorias e derrotas continua a mesma ou começa de novo, já que a contagem e diferente?

    Abracos

    • Na verdade é um misto dos dois. Em geral, os titulares são mais completos e têm mais resistência. Além disso, os reservas têm menos tempo de descanso e por isso arremessam menos bolas em um jogo. Outro ponto importante é que os titulares precisam ter pelo menos 3 ou 4 arremessos para sobreviver na MLB, enquanto os relievers com 2 conseguem ser efetivos.

      A contagem de vitórias/derrotas permanece a mesma se um reserva vira titular ou vice-versa.

      Abraço!

  37. existem jogadores que ao serem escolhidos no draft entram direto para as equipes principais da mlb ou todos eles passam pelos times das ligas menores antes?

    percebi que nas ligas menores existem 3 categorias
    A, AA e AAA
    o que elas significam?

    sabe como funciona o draft no japao? é parecido com o americano ou não tem nada a ver?

    valeu!

    • É muito, mas muito raro um jogador ser draftado e ir para o time principal. Não me lembro de nenhum caso recente disso ter acontecido. Eles sempre vão para a Minor League e geralmente começam no time A.
      É dividido em A, A+, AA e AAA, sendo que o AAA é o último passo antes da MLB. Então, se o jogador tiver bom desempenho ele pula para o nível seguinte. Pode ser que numa mesma temporada ele comece no A e termine o ano no AAA. No caso dos pitchers, tem ocasiões em que ele pula do AA direto para a MLB.

      No Japão tem o mesmo esquema do jogador ser escolhido pelo time no draft após sair se formar no colégio, porém lá, cada franquia só tem um time de Minor League.

      Abraço!

  38. Qual a posição mais importante do beisebol?
    Seria um pitcher que quase não cede corridas ou um rebatedor excepcional, que impulsiona mais de 150 corridas?

    O melhor jogador de todos os tempos e mesmo o babe ruth ou o pessoal o considera como um dos maiores, junto com outros?

    O joe dimaggio era do mesmo nível dele?

    • É difícil dizer quem é mais importante. Mas sou obrigado a dizer que os rebatedores podem ser mais decisivos, pois jogam umas 150 partidas na temporada, enquanto um starter joga entre 30 e 35.

      Também é difícil dizer quem foi o melhor de todos os tempos. Não existe um consenso. O esporte evoluiu muito nos últimos 100 anos e fica complicado comparar um cara de 1920 com um jogador da atualidade. Mas, sem dúvida, Babe Ruth é o nome mais conhecido do beisebol. Teve uma carreira sensacional como rebatedor, onde foi recordista de HR durante muitos anos até o Barry Bonds quebrar sua marca. Além disso, ele também foi pitcher durante uma parte da carreira, ganhando quase 100 jogos. Ou seja, ele estava muito a frente de seu tempo.

      O DiMaggio também é um dos grandes do esporte. Seus número não chegam perto do Babe, mas ele jogou bem menos tempo. A verdade é que ele acabou sendo um sucessor do Ruth nos Yankees e encaminhou o time a ganhar muitas World Series.

      Bom, é isso. Tem muitos outros jogadores históricos que também merecem destaque. A diferença de gerações dificulta uma comparação mais precisa.

    • Olá Nuno!
      No Perfect Game, o pitcher não deixa nenhum jogador adversário chegar sequer à primeira base. Ele não cede hits, walks, não acerta nenhum jogador, a defesa não comete erros… enfim, um adversário nunca estará na 1B.

      Já no No-Hitter, o arremessador não permite que nenhum adversário consiga uma rebatida durante toda a partida, porém ele cede walk, acerta um jogador, a defesa comete erros. Ou seja, pelo menos um destes fatores acontece para que algum adversário chegue à 1B.

      Um Perfect Game é também um No-Hitter, já que o arremessador não cede nenhum hit em ambas as ocasiões.

    • Luan, o balk ocorre quando o pitcher comete uma infração enquanto está arremessando e existe um ou mais jogadores em base. Entre estas infrações, estão:
      – arremessar a bola rapidamente, tentando pegar o rebatedor desprevenido;
      – atrasar o jogo sem motivo;
      – faz menção de tentar o pickoff na 1B e não lança a bola (para a 2B ou 3B essa jogada é legal);
      – derruba a bola no chão, mesmo que por acidente.

      Enfim, existem várias regrinhas que um pitcher deve seguir a cada arremesso. Se ele falhar em uma delas, ocorre o balk e os jogadores que estavam em base avançam uma base. Se houver algum na 3B, ele anota a corrida.

  39. Como e a relação entre pitcher e catcher?
    Eles devem se conhecer melhor do que os outros companheiros de time?
    Na rotação titular, o catcher tem os mesmos códigos com todos os pitchers ou acontecem casos em que o catcher tem códigos diferentes com cada um dos pitchers titulares?

    Na hora de escolher o arremesso, quem decide?
    O pitcher, o catcher, os dois,o mais experiente ou o melhor jogador mesmo que ele seja jovem e não tenha tanta experiência?

    • Olha, em geral os pitchers têm uma relação um pouco mais estreita com os catchers sim. Chegam a ter casos que o pitcher só arremessa para o mesmo catcher, pois ele tem uma sintonia melhor com ele do que com o outro catcher da equipe.
      A questão dos códigos é um pouco difícil de saber exatamente, mas todos os times têm alguns códigos que são padrão.
      Para escolher os arremessos, geralmente se leva em conta a experiência. Se o pitcher é muito jovem e imaturo, então o catcher chama quais arremessos ele quer. Se for um arremessador um pouco mais experiente, ele decide quais arremessos, mas ainda assim quem chama o jogo é o catcher. Se o arremessador não concorda, ele faz o sinal negativo com a cabeça até que ambos entrem num consenso.

      Já houve até casos que o pitcher não concordou com o arremesso que o catcher chamou, fez sinal negativo e quis utilizar outro tipo de lançamento. Acabou cedendo uma rebatida ou home run e aí o catcher saiu de sua posição e foi discutir com ele, como quem diz: “eu não disse pra lançar a changeup invés do slider?!”. Fazer o que né? hehe

    • Olá Luan.
      O double switch ocorre nos jogos da National League. Basicamente, ocorre duas substituições ao mesmo tempo. Elas são feitas para mudar a ordem do pitcher na lineup de rebatedores. Por exemplo, na maioria das vezes o pitcher é o 9º a rebater. Digamos que na 8ª entrada, o técnico coloque um novo arremessador, sabendo que na sua entrada de ataque, seus rebatedores sejam 7, 8 e 9. Ele não quer que o novo pitcher rebata, então ele tira um jogador (o center fielder que rebata como 6º, por exemplo) e coloca o novo arremessador em seu lugar. E no lugar do pitcher anterior, ele coloca o center fielder reserva. Então, basicamente, ele troca a ordem de rebatedores com o intuito de seu arremessador não rebater.

      Bom, não sei se deu pra entender muito bem haha

      Abraço!

  40. imagine essa situação… 1 out / 3 bases cheias ,o rebatedor rebate uma bola direto na mão do SS,ninguem corre pois a bola não entrou em contato com o chão.

    o SS pode deixar a bola cair no chao de proposito, para obrigar a corrida, e assim fazer um double play?

  41. Na situação: Um jogador na 1a base e outro rebatendo

    supondo que a rebatida foi fraca, o jogador da 1a base, prevendo que seria eliminado caso corresse para a 2a base, pode ficar parado, mesmo sabendo que seu companheiro nao chegaria salvo a 1a base?

    Nas outras bases isso acontece também?

    • Estando na primeira base, ele seria obrigado a correr. Se não correr, ele será eliminado de qualquer jeito, bastando a defesa mandar a bola para o segunda base. Mas, se o jogador estiver na 2B e a rebatida for fraca, caso ele pense que será eliminado se correr para a 3B, ele pode ficar parado e estará à salvo.

  42. Quando jogadores precisam ser eliminado para que se troquem as posições no campo ( a equipe que estava lançando passa a rebater e vice-versa )?

    • Olá Myanaga!
      São 3 eliminações para que os times troquem de turno. Depois de ter três jogadores eliminados, o time que estava atacando vai para a defesa e o que estava defendendo entra em seu turno de ataque.
      Abraço.

  43. Oi, tudo bem?
    Acho que aqui será o único lugar que poderei tirar uma dúvida
    Assistir um filme verídico que contada a história de um grande jogador de beysebol. Ele era forte, mas ao meu olher o considerava um pouco gordo. Ele foi o primeiro a consegui jogar a bola pra fora do estádio, e sempre fazia isto. O filme mostrava uma pessoa boa, se um coração muito bom, mas ao mesmo tempo um homem ignorante e cheio de amigos em volta por interesse. Depois ele ficou em um time fraco e o sonho dele era ser tecnico, mas não conseguiu. Já estava com idade avançada e todos duvidávam que ele consegueria jogar a bola pra fora do estádio e ele jogou novamente.
    Bem, quero saber o nome do filme, alguem sabe informar?
    Muito grato e um forte abraço!!!

  44. Eu ouvi ontem na espn o paulo antunes dizer, que tal jogador tinha bons números para um SS arremeçando por acaso alguma posição no beisebol é tradicionalmente melhor com o bastão? e tambem o que vc acha sobre miguel cabrera (um dos meu maiores idolos no esporte)

    • Shortstop e catcher são consideradas as posições mais críticas quando se trata de defesa. Por isso, muitos times e na própria formação dos jogadores dessas posições visam trabalhar na defesa e o ataque acaba ficando um pouco secundário. Claro que se um jogador conseguir combinar defesa e ataque é melhor ainda, mas shortstops historicamente não são grandes rebatedores (existem exceções, claro).

      Quando ao Cabrera, pra mim ele é um dos top 5 rebatedores no momento e nos últimos 3 anos. É o chamado “pure hitter”, ou seja, ele é capaz de rebater para qualquer parte do campo e ter uma average alta e muita potência. Já na defesa… com certeza o ponto fraco dele. Tá certo que ele acabou sendo muito prejudicado com a vinda do Prince Fielder para o Detroit Tigers. Na primeira base, não havia problema, mas agora sendo movido para a terceira base ele tem enfrentado muitos problemas de adaptação. Ele não tem mobilidade suficiente para jogar ali.

      Abraço!

    • Colocaria ali no meio: Albert Pujols (não pela temporada atual, mas pelas anteriores), Matt Kemp, Josh Hamilton e Ryan Braun. Desses 5 eu considero o Braun um pouco abaixo, apesar de ser um excelente jogador. Gosto muito de ver também o Paul Konerko, Troy Tulowitzki e o Ichiro Suzuki jogando, mas aí é por questão de gosto mesmo, pois eles não estão no mesmo nível dos 5.

  45. Voltando a pergunta anterior, acho que o troy tulowitzki esta quase no nível dos 5 primeiros. O konerko também, já o ichiro e bom, mas não acho que ele esteja no nível dos dois.
    E quanto aos rebatedores dos yankees? Se não me engano, eles estão a muito tempo como pelo menos o terceiro melhor ataque da liga. Não acha que a-Rod, cano, granderson, Teixeira, jeter e cia estão entre os 10 melhores rebatedores de hoje?

    Outra coisa, alguma dica pro dia seguinte de um jogo como pitcher? Foi o meu primeiro jogo, então e claro que e normal sentir alguma dorzinha, mas existe algum treinamento pra recuperar melhor, além de alongamento?

    Abraços!

  46. Bom dia. Alguém poderia me dizer o significado de AA, AAA em beisebol? Acabo de ler que o cara foi rebaixado para o AAA… não entendi. Já agradecendo pela atenção. Abraços!

    • É o seguinte Antônio, cada franquia da MLB tem times “de base”. A ordem é A, A+, AA, AAA e finalmente o time principal. Como somente 25 jogadores podem ficar no elenco principal, caso algum jogador esteja muito bem no AAA e um esteja mal na MLB, eles rebaixam o jogador da MLB para o time AAA e sobem o que estava lá para a MLB.
      Abraço!

  47. Yohan Santana teve um no-hitter. Mas afinal, o que é isso?
    Seria um jogo completo sem permitir nenhuma corrida?
    E o que é um hit? Por mais que eu leia, eu não entendo….

    Valeu!

    • Olha Tim,
      Um hit é uma rebatida válida. Quando o jogador rebate a bola e consegue chegar na 1B (ou 2B, ou 3B ou bate um home run) ele é creditado com um hit. No caso, Johan Santana arremessou um jogo completo e não permitiu que nenhum adversário conseguisse uma rebatida sequer! Ou seja, nenhum jogador do ataque dos Cardinals conseguiu chegar a primeira base com uma rebatida.

  48. Então a única diferenca entre um no-hitter e um jogo perfeito e que no jogo perfeito o pitcher não cedeu nenhum walk?

    Para não cometer um balk, o pitcher deve estar com um dos pés em cima da “faixa branca” em cima do montinho, antes de arremessar?
    Ele deve estar de frente para o rebatedor e no momento em que arremessa vira o corpo de lado, ou ele já pode começar com o corpo de lado??

    • Pois é, a diferença do no-hitter pro jogo perfeito é não ceder walks, não acertar o rebatedor (hit by pitch) e a defesa não cometer nenhum erro. Se um desses fatores acontecer, aí deixa de ser jogo perfeito e torna-se um no-hitter.

      Quanto à segunda pergunta: sim, o pitcher deve sempre estar com um dos pés na linha branca (rubber) que fica no montinho quando for iniciar o movimento de um arremesso .
      Existem duas posições básicas que são permitidas na MLB:
      – a Windup, com o arremessador ficando com o corpo e os pés (paralelos) apontando para o home plate e depois faz o movimento rotacionando o corpo para o lado;
      – O Set (também conhecido como Scretch), com o arremessador ficando com o corpo de lado para o home plate, o pé direito (no caso dos destros) apontado para a terceira base e o pé esquerdo à sua frente.

      Ou seja, ele pode sim começar a mecânica do arremesso com o corpo virado para o lado.

  49. Olá! tenho 3 duvidas!

    1-Quando a bola é rebatida e vai direto na mâo do pitcher,
    o que acontece? por que algumas vezes o jogo é parado?

    2-A defesa pode eliminar dois corredores ao mesmo tempo? EX: o jogador de fundo pega a bola e arremessa para o second baseman antes do primeiro corredor chegar na 2 base, e depois o mesmo arremessa para first baseman antes que o segundo corredor chegue na 1 base.

    3- tem outra forma de pontuar a nâo ser anotando corridas?

    • Olá Pedro. Respondendo às perguntas:
      1 – Se a bola rebatida for direto na mão dele, sem quicar no chão, o rebatedor é eliminado. As vezes param o jogo nessas ocasiões porque a distância é muito pequena e a bola vem muito rápida, então existe uma preocupação em ver se o pitcher não está contundido.

      2 – Sim, esse tipo de jogada se chama “Double Play”. Quando um jogador está na 1ª base e o rebatedor rebate uma bola fraca, a defesa pode tentar lançar a bola para a 2ª base e depois para a 1ª base. Se em ambos os casos, a bola chegar à base antes dos corredores, os dois serão eliminados.

      3 – Não. A única forma é anotando corridas. Eles podem vir por meio de rebatidas, erros da defesa, jogadas de sacrifício ou home runs (que geram corridas automáticas).

      Abraço!

  50. Olá!
    Entendi bem do que você falou sobre a bola voltar para a mão do pitcher, então se a bola quicar no chão e ir para mão dele ele pode jogar para o first baseman para eliminar o rebatedor?

    Tambem tenho uma duvida sobre o placar da mlb, quando eu vou ver tem 3 quadradinhos (que eu acho que sao as 3 bases) alguns estão pintados outros não, o que é aquilo?

    Obrigado!

    • Pedro, respondendo às perguntas:
      1) Sim, no caso da bola quicar, o pitcher pode mandá-la para o primeira base para fazer a eliminação.
      2) Esses quadradinhos no placar são as bases mesmo. Quando ficam acesas, significa que um jogador do ataque está nela. Se as três estão acesas, é porque as bases estão lotadas (um jogador na 1B, um na 2B e um na 3B).
      3) O draft é a maneira como os times conseguem jogadores jovens (saídos do colegial ou da universidade) para compor seus elencos e “times de base”. Basicamente, existem várias rodadas e em cada rodada o time tem o direito de escolher um jogador. Para mais detalhes, por favor de uma olhadinha na página que fala sobre o assunto: http://www.blogdobeisebol.com/mlb/como-funcionam-os-contratos-e-negociacoes-na-mlb/#draft

      Abraço!

  51. Olá!
    Adorei esse site, foi o único em que eu consegui aprender direitinho sobre beisebol, muito obrigado por esclarecer minhas dúvidas me ajudou muito, valeu!

  52. Olá tenho mais uma duvida
    Em um jogo quando eu assisto, tem três letras e umas bolinhas,
    Mais eu queria saber o que é de vez enquando elas estão acesas outras apagados e etc.
    São 3 letras B, S, O. Tem três bolinhas do lado do b, e 2 do lado do s, e do, o. EX:
    B ooo
    S oo
    O oo

    • Pedro,
      sobre as letras, elas indicam:
      – B: balls (tem três bolinhas porque quando ocorre a 4ª ball, é automaticamente um walk);
      – S: strikes (tem duas bolinhas porque no 3º strike ocorre a eliminação por strikeout);
      – O: outs (número de eliminações que já ocorreram na entrada. Tem duas bolinhas porque na 3ª eliminação os times trocam de turno entre ataque-defesa).

      Já sobre os jogadores vai muito da questão pessoal. Atualmente, alguns nomes em destaque são Josh Hamilton (Texas Rangers), Matt Kemp (machucado, LA Dodgers), Stephen Strasburg (Washington Nationals), Clayton Kershaw (LA Dodgers), Justin Verlander (Detroit Tigers)… Tem muitos jogadores bons e é difícil cravar um em especial. O que muita gente entra em consenso é que o Albert Pujols (atualmente no LA Angels), tem sido o rebatedor mais completo dos anos 2000 (apesar de estar em uma temporada relativamente ruim em 2012).

      Sobre os times, também é difícil cravar um. No momento, a equipe de melhor campanha é o Los Angeles Dodgers. Na história, a franquia de maior sucesso é a do New York Yankees, com 27 títulos.

      Abraço!

  53. Apesar de me interessar pelo esperte, infelizmente nunca tive a oportunidade de jogar… Baixei o MLB 2k11 por esses dias! Sem querer você acaba entendendo um pouco melhor sobre como o baseball funciona.

  54. Eu sempre vejo em matérias e enquetes nos EUA falando sobre os melhores jogadores ofensivamente, e todos sempre discartam o atual mvp Ryan Braun, eu sei que ano passado O Matt Kemp merecia o Titulo mais do que o Jogador dos Brewers, mas mesmo assim o que eu não intendo omo oum jogador que é 4x Silver Slugger, já foi Rookie of the Year em 2007, e que nessa temporada já tem 19 HR mesmo ficando de fora de algumas partidas é sempre deixado de lado; por acaso ele tem alguma falha em seu jogo tanto na defesa ou no ataque que faz dele inferior a nomes mais badalados como O proprio Matt Kemp, Josh Hamilton ou Joey Votto?

    • Olá Eduardo, desculpe a demora em responder.
      Bom, o Braun é um jogador acima da média e isso ninguém discute. A questão é que ele jogava dividindo a responsabilidade com o Prince Fielder. Além disso, alguns stats como home runs e rbis são muito valorizados no meio da MLB e ele nunca liderou a liga nesses quesitos (algo que os outros fizeram ou fazem).
      Outro fator é que temporada passada ele foi pego no exame anti-dopping, apesar dos Brewers terem apelado e ele não ter cumprido suspensão, e isso acabou, de uma forma ou outra, manchando um pouco sua imagem.

    • Olá Pedro.

      Quanto ao MLB 2k11, eu nunca joguei. Mas já joguei o 2k10 e devem ser parecidos. Se você joga no Xbox, você precisa puxar o stick da direita para trás no momento em que o arremessador adversário começar o movimento. Quando a bola estiver chegando perto, você empurra o stick para frente rapidamente. O tempo correto você acaba pegando conforme vai jogando mais. No início é meio complicado mesmo. Ou então, você pode mudar as configurações para rebater apertando A, ao invés de usar os sticks.

      Sobre um local para jogar sem ser sócio, eu não sei. Depende da sua cidade.

      Por fim, a luva vai depender da sua mão. O tamanho correto será o que você se sentir mais confortável. Quanto ao taco, o tamanho máximo é de 1,06 metro. Na verdade, ambos dependem de como você vai se adaptar.

      Abraço!

  55. Olá!
    eu tenho uma bola de beisebol e ela é bem dura, não sei se é oficial, queria saber do que ela é feita. E se tem alguma com material mais leve com menos perigo de brincar com os amigos.
    E qual a diferença de peso entre as duas.
    Se puder ajudar, Agradeço,
    Cada vez aprendo mais sobre este maravilhoso esporte
    OBS:+ 1 fã

    • Olá Pedro. A bola oficial tem entre tem uma circunferência de aproximadamente 23 cm e pesa em torno de 145 gramas. Ela é feita de borracha por dentro e recoberta por couro.
      Existem bolas mais leves (geralmente recomendadas para crianças) que são mais leves e o risco de machucar é menor, além de serem mais macias.

      Abraço!

  56. Parabéns pelo Blog, muito bem explicado..

    as minhas duvidas sobre esse esporte americano muito bom sao as seguintes:

    1- o que é um rebatedor designado?
    2- e o que significado o homem de little lot ( juro q nao sei como escreve visto nao consegui entender qndo os narradores falam)

    Obrigado

    • Olá Neto.
      Bom, o rebatedor designado é o nome dado a um jogador na Liga Americana, que rebate no lugar do arremessador. Ao invés do arremessador ir para as rebatidas, esse jogador rebate no lugar dele (algo que não existe na National League).

      Sobre o significado, a expressão “homem de leadoff”. Esse é o nome dado ao primeiro rebatedor do time, ou seja, aquele que inicia o turno de ataque do seu time rebatendo.

      Abraço!

  57. Olá!!!
    tenho uma dúvida:
    1-) SITUAÇÃO: um jogador na 2 base, e outro rebatendo.
    quando o rebatedor tiver uma rebatida válida, o seu parceiro que estava na 2 base só pode correr uma base, ou seja até a terceira base?

    2-) O quê acontece se o pitcher acertar a bola no rebatedor?

    3-) Eu vi o video na página inicial do jogador do Los Angeles Angels pulando, mais porque ele desviou da bola quando ela se aproximou, acontece algo se a bolinha tocar nele?

    Agradeço as respostas
    Obrigado!!!

    • Olá Pedro.
      Respondendo:
      1) Não há limite de bases a serem corridas. Se ele tiver oportunidade, ele pode correr até o home plate numa única rebatida.

      2) O rebatedor vai automaticamente para a 1B. Se já houver um jogador lá, este avançará até a 2B. Se as bases estiverem lotadas, uma corrida será anotada. Enfim, é a mesma coisa que um walk.

      3) Naquele caso, quem pulou foi o técnico da terceira base que pulou. Se a bola toca nele (ou no corredor), é considerado interferência e seu time acaba sendo prejudicado.

      Abraço!

  58. Bom dia,

    Só para reiterar os parabéns para o excelente blog e para a disponibilidade do(s) administrador(es) em responder a todas as duvidas que surgem. Muitos parabéns e continuem.

    Nuno

  59. Estou aqui novamente para fazer uma perguntar e para novamente lhe parabenizar pelo belo site.

    a minha pergunta é sobre os estadios dos times, vejo que alguns tem muros mais altos, outros os “jardins” sao maiores que outros, existe algum padrão ou cada clube constroi do seu modo?

    abraço

    • Neto,
      cada time pode construir seu estádio da maneira que lhe for mais conveniente. Se eu não estiver enganado, existe apenas uma restrição quanto à distância mínima dos muros para o home plate é de 315 pés (cerca de 96 metros).

      Abraço!

  60. olá,
    Primeiramente mais uma vez parabéns pelo site, que pelo que vejo ajudou muitas pessoas que queriam aprender sobre esse esporte.
    Tenho uma dúvida, estava assistindo beisebol, e tinha um corredor na terceira base, quando a bola foi rebatida o que estava na base 3 correu para home plate e o outro jogador arremessou a bola para o catcher, e na chegada o catcher coloca a bola para baixo.
    Dúvida: o que ele faz com a bola? encosta na base ou no corredor??

    Obrigado

    • Olá Pedro,
      obrigado pelos elogios. No caso dessa jogada, o catcher deve encostar a bola no corredor para efetuar a eliminação. Se ele conseguir fazer isso antes que o corredor chegue à base, ele realiza a eliminação.

      Abraço!

  61. Vi uma contagem, não saberei reproduzir, mas era basicamente a seguinte como exemplo:
    Time A 42-40 2
    Time B 42-41 1 1/2
    Time C 42-40 1
    O que significa esse 2, principalmente o 1/2
    Um time tem vantagem de 1/2 ponto sobre outro? É isso?

    • Olá Jarbas,
      esses números indicam a quantos jogos um time está atrás do time que está na liderança. Por exemplo, se o time A estiver com 10 vitórias e 4 derrotas, e o B estiver com 8 vitórias e 6 derrotas, o time B estará 2 jogos atrás do time A. No caso, podem existir números com a metade. Isso significa que um dos times tem um jogo a mais que o outro.

      Uma fórmula para calcular a quantos jogos uma equipe está atrás da outra é a seguinte:
      – Multiplicar o total de vitórias e o total de derrotas por 0,5
      – Com esses valores, subtrair o número das vitórias pelo das derrotas
      – Do valor obtido, subtrair do valor do time que está na liderança

      Exemplificando:
      – Time A: 20-10
      – Time B: 18-13

      Cálculo A
      Vitórias: 20 x 0,5 = 10
      Derrotas: 10 x 0,5 = 5
      Valor total: 10 – 5 = 5

      Cálculo B
      Vitórias: 18 x 0,5 = 9
      Derrotas: 13 x 0,5 = 6,5
      Valor total: 9 – 6,5 = 2,5

      Diferença entre times (A – B): 5 – 2,5 = 2,5

      Portanto, neste exemplo, o time B estaria 2.5 ou 2 1/2 atrás do time A.

      Ficou meio confuso, mas a explicação é esta haha

      Abraço!

  62. Parabéns pelo trabalho, esse blog foi uma das coisas que me motivou a praticar o esporte! Tem duas semanas que comecei… Hoje meu corpo tá doendo pra caramba, tomei várias boladas! Bate até um pouco de vergonha de aparecer por lá, já que todo mundo já parece bem treinado. O pior pra mim é ter que ficar de pitcher/rebatedor. Minha mira é ruim e eu não consigo rebater nada…

    Enfim, parabéns mais uma vez e muito obrigado!

    • Que legal Douglas!

      Fico feliz em saber que o blog ajudou a te inspirar para praticar esse esporte maravilhoso. E não ter que ter vergonha não! Com o tempo você estará jogando melhor e ganhará ainda mais gosto pelo esporte!
      O importante é se divertir.

      Grande abraço e obrigado pelas palavras!

  63. Boa Noite. Acompanho há alguns meses a MLB, mas tenho certas dúvidas.

    1 – Como funciona os innings, quero dizer, quantas eliminações são necessárias para acabar um inning ?

    2 – Vale Flyout no infield ?

    • Olá William,
      vamos às respostas:

      1- Em cada inning ou entrada, um time tem 3 eliminações. Quando elas acontecem, o inning acaba. Lembrando que são 3 eliminações no turno de ataque de cada time, ou seja, no total são 6 eliminações por inning (3 de um time e 3 de outro).

      2- Sim, ocorrem flyouts no infield (geralmente chamados de popout). O que pode acontecer é de ter jogadores em base e numa bola que vai muito alta mas não sai do infield, o umpire chama a “infield fly rule”. Essa regra faz com que o rebatedor seja eliminado mesmo antes dos defensores tocarem na bola. Isso ocorre para evitar que os infielders deixem a bola cair de propósito, obrigando os jogadores que já estavam em base a correrem e serem facilmente eliminados.

      Abraço!

  64. Primeiramente, parabéns pelo blog. Muito bem feito.
    Gostaria de saber se você conhece livros, dos mais variados assuntos, sobre beisebol em português. Gostaria de saber sobre a história do esporte, curiosidades, que discuta a MLB em geral e sobre os times. Ou seja, de qualquer assunto em que o livro seja bem feito, gostaria da indicação. E se você souber, como posso comprá-los ?
    Agradeço antecipadamente.

    • Olá Rodrigo!
      Obrigado pelos elogios.

      Quanto aos livros, não há muito material em português não. Recentemente li um livro chamado “Calico Joe”, uma história fictícia sobre um jovem jogador da MLB, narrada pelo filho de um jogador mais velho. É bem interessante o livro, porém ainda não foi lançado em português.

      Queria poder te ajudar mais, mas realmente não conheço muitos livros aqui no Brasil que tratem do assunto. Vou ficar te devendo!

      Abraço!

  65. Algumas dúvidas sobre foul ball:

    I – Se a bola é rebatida para “território foul” e um fielder apanha ela antes que toque o chão, isso vale como eliminação por fly out?

    II – A mesma coisa vale para o caso de a rebatida ser para trás e bola ser pega pelo cather?

    III – E se a bola quicar uma (ou mais) vezes dentro do “território fair” e só depois cruzar a linha de foul ball?

    Por fim, uma dúvida que não tem haver com foul balls:

    Numa dúvida minha que vc tirou há um tempo,disse que em caso de wild pitch,os corredores em bases poderiam tentar avançar, mas não o rebatedor, certo?

    E se houver um cara na terceira base e ele tentar avançar até o home plate, como elevai fazer isso com o rebatedor parado lá? Ou não há nenhum problema em ele marcar corrida como rebatedor posicionado o seu box?

    • Olá Sávio.
      Respondendo as perguntas:
      1 – Sim, mesmo em território foul, se ele apanhar a bola será um flyout.

      2 – Se a bola desviar no bastão e for direto para a luva do catcher, é considerado um “foul tip”, que é o equivalente a um strike. Se a contagem já estiver com 2 strikes e ocorrer um foul tip, será strikeout.

      3 – No caso, se a bola quicar uma vez dentro do território fair e rolar para o território foul, será considerada bola em jogo. Porém, a bola deve ultrapassar a primeira base ou a terceira base para ser considerada válida. Mesmo que ela quique 5 vezes em território fair e depois vá para a área de foul, ela só é válida se ultrapassar a linha da primeira base (se for rebatida para direita) ou linha da terceira base (se for uma rebatida para a esquerda).

      Sobre o wild pitch, não há nenhum problema do corredor anotar uma corrida, mesmo com um rebatedor lá. Aliás, é bastante comum isso acontecer. Esse vídeo mostra um exemplo da situação: http://mlb.mlb.com/video/play.jsp?content_id=23625789&c_id=mlb

      Abraço!

  66. Muito obrigado,pelos esclarecimentos!

    Só mais quatro perguntinhas, ainda sobre foul balls e wild pitches:

    I) Vc explicou que o rebatedor só poderia aproveitar um wild pitch para correr até a primeira base se este fosse um 3º strike. No entanto, o wild pitch quase sempre (ou sempre?) não será um strike, e sim um “bola”, certo? Quer dizer, se o arremesso tivesse sido bonitinho dentro da zona de strike provavelmente o cather teria pego. Então, como é que isso funciona na prática? O rebatedor dá uma rebatida “no vácuo” de propósito, pra transformar a “bola” em “strike” e assim poder tentar chegar à primeira base?

    II) Se a bola quicar em território fair e depois sair pelas linhas de foul (desde que ultrapasse a altura da 1ª ou 3ª base,como vc explicou), ela continua em jogo, certo? Mas e se nessa saída de campo ela for parar nas arquibancadas, não mais podendo ser pega pelos defensores, o que acontece? Seria a mesma coisa de um home run?

    III) Se a mesma coisa acontecer (isto é, a bola ir parar nas arquibancadas) no momento em que um defensor efetua um passe para outro? Exemplo: o SS pega a bola e vai mandar pro 1B, mas faz um passe bisonho e a bola vai parar nas arquibancadas em vez de ir pras mãos do companheiro.

    IV) No caso de um “foul tip”, que vc me explicou na pergunta anterior, se a bola não for parar diretamente nas mãos do catcher (aliás,nem sei se nesse caso pode ser chamado de foul tip) o que ocorrerá? Será apenas uma foul ball comum?

    • Oi Sávio!

      Vamos às respostas:

      I) É isso mesmo: em 95% dos casos, um wild pitch seria uma “bola”. Porém, o que acontece às vezes é que o pitcher lança a bola de propósito fora da zona de strike, tentando fazer com que o rebatedor tente a rebatida, passe reto e ele consiga um strikeout. O problema é que nem sempre o catcher consegue segurar a bola e aí, mesmo sendo computado o strikeout nas estatísticas, o rebatedor pode correr para a 1B caso seja um wild pitch. Porém, o rebatedor nunca erra a rebatida de propósito. Quando ele acerta o vácuo, significa que de fato ele tentou bater na bola, mas não foi bem sucedido.

      II) No caso, quando a bola quica no campo e pula para as arquibancadas, é considerada uma rebatida dupla automática. Os corredores avançam duas bases (o que estava na 1B vai para a 3B, o que estava na 2B ou na 3B anota a corrida) e o rebatedor vai direto para a 2B.

      III) Ocorre a mesma coisa: todos avançam duas bases. Porém, nesse caso existe uma observação a ser feita. Digamos que um corredor esteja na 1ª base e o rebatedor consiga uma rebatida com a bola indo em direção ao SS. Se no momento em que ele realiza a defesa e faz o lançamento errado (que vai para a arquibancada) para o 1B, o corredor já tiver chego na 2ª base, ele terá o direito avançar até o home plate e anotar a corrida, ao invés de ir para a 3ª base. Isso ocorre porque, no momento do lançamento, é considerado que o corredor está na 2ª base e não mais na 1ª, portanto, como ele avança duas bases automaticamente, ele vai até o home plate. Se, no momento do lançamento para fora ele NÃO tiver alcançado a 2ª base ainda (mesmo que esteja a apenas um passo dela), então será considerado que ele estava na 1ª base, e avançara automaticamente até a 3ª base. (Ficou um pouco complicado o exemplo, mas acho que deu pra entender, né? hehe)

      IV) Isso mesmo, será um foul ball comum. Digamos que o bastão raspe de leve na bolinha e ela vá diretamente para a luva do catcher, porém ele não consiga dominá-la e ela caia no chão, será um foul ball (e, nesse caso, nunca poderá ser um strikeout, já que uma foul não pode ser o 3º strike).

      Bom, é isso aí. Se tiver mais dúvidas, é só chamar!

      Abraço!

  67. Parabens pelo blog! Excelente!
    Estou a começar a perceber as regras. Tenho algumas duvidas numas situações:
    3 bases ocupadas, 2 outs, o batedor coloca a bola em jogo mas é eliminado por flyout. O turno acaba automaticamente, certo?
    Ou o corredor da 3b pode tentar chegar na home?
    Ao rebater a bola os jogadores nas bases n são forçados a correr?

    E se acontecer a mesma coisa só com um jogador na 3b e as outras livres?

    Obrigado e desculpe se as perguntas forem de caras. Chega um ponto onde as coisas começam a ficar algo confusas no inicio!

    • Olá Pedro!
      Primeiramente, obrigado pelos elogios.

      Vamos às respostas:
      – Sim, o turno acaba automaticamente assim que o rebatedor é eliminado. As “sacrifice flies” (jogadas de sacrifício) só podem ocorrer com 0 ou 1 outs.
      – Os jogadores só são forçados nas situações: bases cheias, jogador na 1B, jogador na 1B e 2B. Na verdade, o jogador que estiver ocupando a 1B, ele é obrigado a correr porque, na teoria, o rebatedor vai tentar chegar a 1B e dois jogadores não podem ocupar a primeira base. Daí para frente, uma coisa é consequência da outra: como o rebatedor vai para a 1B, o jogador que estava na 1B tem que correr para a 2B, o que estava na 2B para a 3B e assim por diante.
      – No caso de haver apenas um jogador na 3B, ele escolhe se quer correr ou não. Em alguns casos, vale mais a pena ficar parado lá, esperando pela melhor chance de anotar um corrida.

      Abraço!

  68. Olá,meu nome é Jhonathan e sou professor de Educação Física,
    e neste semestre, gostaria de ensinar meus alunos a aprender a jogar um pouco de beisebol,mas ainda tenho algumas dúvidas,
    – se o jardineiro esquerdo ou qualquer outro pegue a bola (que já tocou o chão), o pitcher já estará eliminado, ou ele deverá arremessa la para alguém?
    – qual é a área em que a bola deve ir para se realizar um home run?
    – qual é a área válida (campo)?
    – um jardineiro externo somente deve jogar a bola para o inter bases ou para qualquer outro jogador?
    – digamos que o pitcher arremessou a bola e o batter apenas deu toque bem de leve na bola e ela apenas ficou um 2 metros a frente do batter, isto é válido? se sim quem deve pegar a bola o receptor ou os outros bases,ou o próprio arremessador?
    – caso tenha 1 jogador na 1ª base, outra na 2 e outro na 3ª, para eliminar eles todos de uma vez seria só pegando a bola no ar?
    caso sim,como fazer para eliminar todos eles se a bola tocar no chão, terá que lança-la para cada jogador que fica na base?
    – percebi que não há jogadores que ficam em cima da base,eles tem que correr em direção a ela para eliminar um corredor?

  69. Bem, lá vão mais algumas perguntas, qt mais conheço esse esporte mais acho ele fascinante.

    Na verdade é uma pergunta só:

    Eu li em algum lugar que se o rebatedor for eliminado por ground-out antes de chegar na 1ª base e esta for a 3ª eliminação, nenhuma corrida daquela jogada vale, mesmo que tenha sido anotada antes da eliminação.

    Então a pergunta é:

    Se na mesma jogada um corredor anotar uma corrida e outro jogador qualquer (rebatedor ou corredor) sofrer a terceira eliminação, em quais situações a corrida vale e em quais não vale?

    • Olá Sávio!

      É isso mesmo, mesmo que o jogador que estava na 3ª base complete a corrida, se o rebatedor for eliminado antes de chegar na 1ª base e for a terceira eliminação, a corrida não valerá. Aliás, não precisa ser só o rebatedor. Quando se está com 2 eliminações, a corrida só será anotada se todos os jogadores avançarem pelo menos uma base ou se todos permanecerem a salvo. Caso contrário, a corrida não valerá.

      Por exemplo, se tivermos jogadores na 1B e 3B, e o jogador que estava na 1B for eliminado antes de chegar na 2ª base, a corrida não valerá.

      Se tivermos jogadores na 2B e 3B, e o que estava na 3B chegar ao home plate, o rebatedor chegar a salvo na 1B, o cara que estava na 2B pode ficar parado lá se ele quiser, pois estará a salvo e a corrida valerá.

      Um último caso é o seguinte: digamos que um jogador está na 3B e o rebatedor consegue uma rebatida simples. Porém, ao invés de parar na 1B, o rebatedor tenta transformar a rebatida simples em dupla, porém acaba eliminado antes de alcançar a segunda base. Neste caso, ocorrerá a 3ª eliminação, porém a corrida VALERÁ, pois todos avançaram pelo menos uma base e a eliminação só aconteceu depois da corrida ser anotada.

      Espero que tenha dado para entender haha

      Abraço!

  70. Outra coisa que eu queria entender melhor é como funciona a história do “corredor obrigado” (nem sei se usa essa expressão em português, eu vi num site em espanhol).

    Bem o que eu entendi foi: o corredor é obrigado a correr quando um companheiro seu necessita da base em que ele se encontra para poder avançar. Isto é, um corredor na 1B é sempre obrigado a correr qd ocorrer rebatida válida, um na 2B qd a 1B estiver ocupada e um na 3B qd as bases estiverem lotadas.

    Quando o corredor é obrigado a correr pode ser eliminado tanto por force-out quanto por tag-out. Quando ele corre sem estar obrigado, só pode ser eliminado por tag-out.

    Até aqui tá tudo certinho, né?

    Pois bem, o que eu quero entender é o seguinte: se um corredor que vem atrás resolver correr “facultativamente”, isto é, sem estar obrigado, os corredores que estão ocupando as bases à frente terão necessariamente que avançar tb (afinal, uma base não pode estar ocupada por dois corredore).

    Mas esse avanço é consideradado um “avanço obrigatório”? Em outras palavras um “avanço facultativo” de um corredor que vem atrás gera um “avanço obrigatório” de quem está na frente, ou todos esses avanços serão considerados “facultativos”?

    Pergunto porque a depender do tipo de avanço mudam as formas de eliminação dos jogadores….

    Abraço!

    • Olá Sávio,
      sua explicação está correta sim quando à corrida ser ou não obrigatória.

      Quanto à sua dúvida, os dois serão considerados “facultativos”. Aliás, a única chance disso acontecer seriam os jogadores estando na 2B e 3B. Nesse caso, para que fossem eliminados, teria que ser por meio de tag out. Apenas pisar na base não bastaria.

      Abraço!

  71. Finalmente achei um site com informações claras sobre este esporte e pude entender melhor as regras. Não existe esporte chato, a gente é que não entende as regras. Se Deus quiser ainda vou visitar o Comerica Park, em Detroit, para ver um jogo dos Tigers. Parabéns pelo Blog.

  72. nossa parabéns para o dono ou a dona desse site e muito bom estou na 8 serie e fiz um trabalho e tirei 10 de nota por que tinha tudo o que precisava valeu a vcs

  73. Olá, gostaria de saber como funciona a pontuação do jogo, pois nos sites tem muito pouco a respeito e estou com uma grande dificuldade em entender. Até agora entendi que a pontuação é de acordo com as corridas e depende da base que cada jogador conseguir alcançar. Mas gostaria de algo mais especifico. Li todas as regras do jogo e comecei a assistir na ESPN. Estou bastante interessado no esporte, mas entender como acontece a pontuação tem sido um desafio e tanto.

    • Olá Pablo.

      Sei como é complicado entender a dinâmica do jogo logo de cara. Mas, vou tentar de explicar como as corridas são anotadas.
      Basicamente, o jogador precisa percorrer as 4 bases para marcar um ponto para seu time. Digamos que ele consiga uma rebatida simples, ou seja, uma rebatida que lhe permite chegar até a 1ª base. Ele ficará ali na base e outro jogador de seu time irá para enfrentar o pitcher. Digamos que esse companheiro consiga uma rebatida. Assim, o jogador que já estava na 1ª base poderá correr para a próxima base, no caso, a 2ª base. Suponhamos que o próximo rebatedor também consiga por a bola em jogo, e o que estava na 2ª base corra até a 3ª base e depois até a 4ª (o home plate). No momento em que ele pisa no home plate, seu time marca um ponto, ou seja, anota uma corrida.
      Claro que os avanços nas bases não ocorrem apenas com rebatidas simples. Podem haver rebatidas duplas, triplas, home runs ou ainda erros da defesa, walks, roubos de base… Mas a dinâmica é essa: o jogador é obrigado a pisar em todas as 4 bases para anotar um ponto.

      Espero ter ajudado a esclarecer um pouco sua dúvida, Pablo. Qualquer dúvida, estou à disposição.

      Abraço!

  74. Parabéns pelo Site!

    tenho uma duvida, na situação de ter um corredor na 3B com nenhum ou 1 eliminado, o rebatedor tenta uma rebatida que pinga no chão, e vai correr para a 1B, o defensor pode eliminar o da 3B que vai tentar a corrida ou ele tem que primeuro eliminar o que vai tentar a 1B? Se ele eliminar o da 1B e o da 3B conseguir chagar ao Home plate a salvo a corrida é valida? na mesma situação os defensores podem tentar uma dupla eliminação?

    • Olá Fernando, desculpe pela demora na resposta.

      – Não há a necessidade dele eliminar primeiro na 1B, ele pode tentar a eliminação direta do cara que estava na 3B.
      – Sim, a corrida será válida normalmente e será adicionado um eliminado.
      – Podem sim tentar a dupla eliminação, porém é bem difícil disso acontecer. Simplesmente porque é obrigatório que o jogador da 3B seja eliminado por tag, então até conseguirem eliminá-lo, provavelmente o rebatedor já terá chego à 1B.

      Abraço!

  75. Perdão, mas tenho outra dúvida: Quantos jogadores são necessários para seu time marcar um ponto?
    A propósito, como está o Beisebol no Brasil?

    • Olá Marcos!

      Bom, o placar basicamente marca essas três estatísticas: corridas marcadas, rebatidas válidas e erros.
      Embaixo do “R”, estão as corridas do time, ou seja, quantos pontos ele marcou no jogo. Em “H” estão as rebatidas, ou seja, quantas vezes a equipe conseguiu rebatidas válidas (colocar a bola em jogo e chegar à salvo em base). No “E” são os erros cometidos pela defesa, onde são contabilizados o número de vezes durante a partida que os jogadores de uma equipe não conseguiram realizar uma eliminação em uma bola “defensável”.

      Não há um número necessário para se marcar um ponto. O mínimo é um jogador, que marcaria um ponto ao rebater um home run.

      No Brasil o beisebol ainda está jogado às traças. Os campeonatos que ocorrem são amadores, e mesmo as competições da CBBS (Confederação Brasileira de Beisebol e Softbol) costumam durar apenas um final de semana, e não uma temporada. E como o esporte não tem crescido muito em popularidade (como aconteceu com o futebol americano e o MMA recentemente), pouco se investe nele.

      Abraço!

  76. Boa tarde,

    Em primeiro lugar, é óbvio, parabéns pelo blog. Está simplesmente sensacional. Com certeza sou só mais um daqueles que se sentiam completamente perdidos a respeito do esporte e aqui conseguiram esclarecer as dúvidas e aí sim, sentir prazer em assistir esse esporte maravilhoso.

    Tenho assistido jogos da MLB há algum tempo e já consigo “acompanhar” o placar, a maior parte das jogadas, conseguindo entender quase tudo (do básico).

    Entretando, há uma situaão que mesmo lendo o guia do iniciante, não consegui esclarecer e gostaria, se possível, que me ajudasse.

    (Por exemplo, no jogo de ontem entre os Yankees e os Tigers aconteceu um lance assim) Por que algumas vezes o pitcher concede um walk “de graça” para o rebatedor, lançando quatro vezes a bola “fora”, para ser apanhada pelo catcher? No jogo de ontem fiquei confuso, porque me pareceu que a torcida (do time beneficiado) vaiava a ação…

    • Olá Mateus!

      Isso acontece, em geral, por dois fatores.
      1º: o rebatedor tem números bons contra o pitcher. Nesse caso, as vezes vale mais a pena ceder um walk de graça do que correr o risco de sofrer um home run ou uma rebatida importante.
      2º: o time do ataque tem um jogador em posição de anotar corrida, 1 eliminado e a 1B está livre. Nesse caso, você cede o walk e tenta conseguir, enfrentando o próximo rebatedor, uma double play (eliminação dupla) para encerrar a entrada.

      No caso desse jogo, os Yankees acabaram levando em conta os dois fatores, pois a 1B estava livre e o Delmon Young tem um ótimo histórico quando enfrenta os Yankees.

      Abraço!

  77. Vlw pela resposta

    é só nesse caso que o corredor só pode ser eliminado com um Tag? da 3B pro Home Plate? se ele estiver na 2B e tentar a corrida para a 3B pode ser eliminado por GROUNDOUT né?

    • Olá Fernando!

      O jogador pode ser eliminado a qualquer momento por tag out. Se ele estiver fora da base e algum jogador da defesa encostar a luva nele enquanto estiver em posse da bola, esse corredor será eliminado.
      No segundo caso, se tiver um jogador na 2B e nenhum na 1B, ele só poderá ser eliminado por tag out. Para ser eliminado num groundout, teria que ter um jogador na 1B e ele na 2B, pois só assim ele é “obrigado” a correr para a próxima base.

      Abraço!

  78. Muito obrigado pela resposta. No entanto, continuo “complicado” em relação à isso.

    Pelo que entendi, a primeira base tem que estar livre para essa jogada “valer a pena”, é isso? Mas, não é um risco, de toda maneira? Já que depois virão mais dois batedores e isso aumenta a chance do time marcar MAIS corridas?

    Imaginemos que tem um jogador na segunda base, com a primeira vazia. Fazendo isso, restarão dois batedores e em vez de um jogador em posição de anotar corrida, serão dois, qual a vantagem que a defesa tira?

    Desulpe a dúvida boba, mas ela permanece, não entendi a vantagem da defesa…

    Um abraço!

    • Oi Mateus.

      Eu entendo bem sua dúvida, quando comecei a acompanhar o esporte também não entendia o que ganhavam com isso. Vamos pensar no seguinte:
      – Jogador na 2B, com a 1B e a 3B livres e 1 eliminado;
      – O rebatedor tem um excelente histórico contra o arremessador;
      – O rebatedor seguinte não tem um histórico tão bom (ou então é um confronto destro x destro ou canhoto x canhoto, casos em que o pitcher é favorecido).

      No caso de uma bola rasteira, a eliminação poderá acontecer na 1B. Porém, é praticamente impossível conseguir uma queimada dupla, já que para consegui-la, seria necessário aplicar o tag no jogador que estava na 2B e, depois, lançar a bola para a 1B, para eliminar o rebatedor. A situação seria 2 eliminados, um jogador na 3B e o time ainda teria um rebatedor.

      Porém, se você cede o walk intencional, a situação seria a seguinte:
      – 1 eliminado, jogadores na 1B e 2B;
      – Rebatedor com histórico ruim contra o pitcher.

      Se o pitcher conseguir induzir uma bola rasteira, a queimada dupla poderá ser realizada mais facilmente, pois bastará lançar a bola para a 2B e depois para a 1B, sem necessidade de fazer o tag em qualquer um dos jogadores. Com as duas eliminações, a entrada terminará

      O que acontece é que existe muita estratégia envolvida. É sim um jogo de risco. Você pode ceder um walk intencional e o jogador seguinte bater um home run, e ver seu time sofrer mais corridas ainda (aliás, é bem comum isso). Portanto, é uma aposta que o time que está na defesa faz para tentar encerrar a entrada e não sofrer corridas.

      Consegui esclarecer melhor? Qualquer coisa, estou à disposição para mais dúvidas.

      Abraço!

  79. Para acontecer uma eliminação dupla é obrigatório eliminar o que estava na 1B e depois o rebatedor? pode acontecer uma eliminação tripla com jogadores na 1B e 2B? se sim, ja aconteceu alguma vez?

    • Olha Fernando, não é obrigatória que a eliminação ocorra nessa ordem, porém é mais fácil. Como o jogador que estava na 1B é obrigado a correr para a 2B, basta pisar na base para eliminá-lo e depois mandar a bola para a 1ª base para eliminar o rebatedor. Se você manda a bola primeiro para a 1B e elimina o rebatedor, você é obrigado a eliminar o jogador que estava na 1B e correu para a 2B com um tag, pois, na teoria, agora ele poderia tanto continuar correndo para a 2B quanto voltar para a 1B.

      Sim, apesar de raras, eliminações triplas ocorrem!

      Sobre a questão do walk intencional, a ordem geralmente vem do técnico, que controla a estratégia do time.

      Abraço!

  80. Cara… mesmo já tendo um monte de elogios o Blog é demais. Não só a maneira que está organizado, mas também a linguagem, a velocidade em responder, as sugestões e principalmente a humildade em transmitir o conhecimento profundo do assunto que você domina e sem custo…simplesmente por gostar desse esporte. Olha! Parabéns mesmo….

    Eu ia só elogiar, mas esse último comentário me gerou uma dúvida.

    Pode explicar as situações de eliminação da 2B?

    • Olá Aquilino!

      Muito obrigado pelos elogios e pela força, fico feliz em saber que posso estar contribuindo, mesmo que de maneira pequena, com o entendimento do esporte aqui no Brasil.

      Bom, quanto a sua dúvida, existem basicamente duas formas de eliminação na 2B.
      1ª) um jogador está na 1B e o rebatedor consegue uma rebatida fraca. A defesa pega a bolinha e lança para a 2B. Se o corredor que estava na 1B não chegar a encostar na segunda base antes que um jogador da defesa, ele estará eliminado.

      2ª) quando o jogador está na 1B, o rebatedor consegue uma rebatida fraca, porém a defesa manda a bola para a 1B, eliminando o rebatedor, nesse caso a eliminação terá que ser por “tag” ou seja, um jogador da defesa deverá estar com a posse da bola e encostar a luva no corredor. Isso ocorre porque tanto a 1B quanto a 2B estarão livres, portanto, na teoria, ele pode correr para a 2B ou tentar voltar para a 1B e ficar à salvo se chegar em uma delas sem sofrer o tag.

      O mesmo caso de tag ocorre nas tentativas de roubar base. Para o jogador que tenta roubar a 2B ser eliminado, a defesa precisa encostar nele estando em posse da bolinha.

      Bom, em geral é isso. Qualquer dúvida, é só postar aqui.

      Grande abraço e valeu pelo apoio!

  81. Ola amigo! Show de bola o Blog! Esta de parabéns!

    Minha duvida é a seguinte! O arremessador faz o arremesso e o rebatedor faz o swing e não rebate a bola! o Catcher faz a defesa q logo em seguida ele aplica o tag no rebatedor! por que isso ocorre?

  82. Minha outra duvida é também bem semelhante a minha última! O Arremessador lança a bola e ela raspa o chão e o catcher defende ela no bate pronto o rebatedor tenta rebater ela mesmo tão baixa porém ele não consegue só não sei se ele a raspa com o taco! más mesmo assim ele corre para a 1ª base! e o catcher q faz a defesa o elimina na 1ª base! porque isso ocorre? e quando?

    • Olá Anderson!

      Em ambos os casos, a situação só ocorre quando é o terceiro strike. Assim, se a bola toca no chão e o rebatedor “passa reto” em seu swing, o catcher obrigatoriamente tem que aplicar o tag no jogador ou mandar a bola para a 1ª base para realizar a eliminação. Isso só ocorre se o catcher perde o controle da bola ou se ela encosta no chão.

      Abraço!

  83. O rebatedor corre para a primeira após a rebatida assim como nas outras bases ele pode também fazer o slide de frente ou ele também pode fazer o carrinho? Quase não se ve eles fazendo Slide na primeira base e quando eles fazem eles só usam o de frente o carrinho é proibido na primeira base?

    • Olha Anderson, o slide para a primeira base é bem raro mesmo de se ver, pois não há vantagem em se jogar ao invés de continuar correndo. O jogador atinge uma velocidade maior se continuar simplesmete correndo e tem maiores chances de alcançar a base a salvo. Vale lembrar que nas outras bases, se você pisa nelas a salvo, mas em seguida fica sem encostar nelas, a defesa pode aplicar o tag e te eliminar. Na primeira base, você pode pisar e “passar reto”, pois mesmo que a defesa aplique o tag, você não será eliminado (a menos que expresse uma reação de tentar correr para a 2B, nesse caso um tag te eliminaria). E o carrinho é muito arriscado, pois coloca em risco tanto o seu corpo quanto do adversário.

      Abraço!

  84. O que você faz? porque pelo o q eu estava lendo nos comentarios, tu sabe muito disso =], eu tenho o sonho de me profissionalizar em baseball, como consegueria isso??

    • Olá Álvaro,
      Olha, pra ser bem honesto eu nunca pratiquei o esporte para valer (por falta de local e tempo). Mas desde que comecei a acompanhar o beisebol fiquei apaixonado e busquei me aprofundar cada vez mais. Cada dia aprendo mais e as dúvidas que o pessoal deixa aquino blog também me ajudam bastante a estar sempre atento ao que está acontecendo na liga.

      Quanto a se profissionalizar, é preciso de muito treino, dedicação, talento e sorte. Algum tempo atrás, o Tampa Bay Rays tentou abrir uma academia em Marília, porém, infelizmente o projeto não se concretizou.
      Precisa da sorte de algum olheiro identificar o talento do jogador e aqui no Brasil isso é bem difícil. O ideal seria tentar uma vaga numa faculdade americana.

      Abraço e boa sorte!

  85. tenho uma duvida sobre as trocas.
    Por exemplo.
    Se o time A, troca um jogador com 3 anos de contrato que recebe 250.000 por um jogador com 2 anos de contrato que recebe 120.000 do time B, quem pagará o salário do jogador do time A? E do time B?
    O time B terá que pagar os 3 anos de contrato, mesmo que nao tenha assinado nenhum contrato com o jogador e o adquirido através de troca?

    • Olá Pedro!
      Sim, o time que adquirir o jogador fica responsável pelo contrato dele. Nesse caso, o time A passaria a pagar 120.000 e o B pagaria 250.000. Mas os times podem negociar. Quando um jogador tem um contrato muito grande e seu time quer trocá-lo, ele pode fazer um acordo com o novo time (por exemplo, de um salário de 7 milhões, o time antigo pode pagar 4 milhões e o novo time apenas 3 milhões).
      Essa questão de salário é bastante “negociável” na MLB.

      Abraço!

  86. Em quais bases os jogadores são eliminados por tag e em quais são eliminados pelo arremesso a base??
    Na primeira base é por arremesso
    Na segunda depende
    Na terceira eu não sei (no caso de não roubar base, se o jogador estiver correndo como os outros do time, como ele será eliminado?)

    Obrigado!

    • Olá Pedro!
      O jogador sempre pode ser eliminado por tag, ou seja, sempre que ele não estiver em contato com a base e um defensor em posse da bola encostar a luva nele, esse jogador será eliminado. Na 1ª base, basta fazer o arremesso e ele também é eliminado. Nas outras três bases, depende da situação.

      – Na 2ª base: se um jogador estiver na 1ª base, com a rebatida ele será obrigado a avançar para a 2ª e, caso o lançamento será feito para a base antes dele chegar lá, ele será eliminado.

      – Na 3ª base: se houver jogadores na 1ª e 2ª bases, o jogador da 2ª será obrigado a avançar para a 3ª, nesse caso poderá ser eliminado apenas com um lançamento para a base.

      – No home plate: se as bases estiverem lotadas, o jogador da 3ª base será obrigado a avançar para o home plate, nesse caso basta o catcher (ou algum outro jogador da defesa) pisar no home plate e o jogador será eliminado.

      Abraço!

  87. Sr. Blogueiro, tenho umas perguntas sobre beisebol, de vez em quando vejo os defensores de base, qualquer base, agarrar a bola e ficar esperando o corredor vir de encontro, eu sei que o corredor pode voltar percebendo isso (quando tem bases vazias) mas se ele quiser encarar e continuar avançando ele pode ganhar a base? Porque os corredores chegam deslizando? É para evitar ser tocado com a luva? Mas nesse caso ja não estaria eliminado porque a bola chegou primeiro?? Seria algo como roubada de base na cagada? Outra dúvida é sobre infield fly, não entendi bem, mas os corredores podem avançar antes de alguém fazer a defesa sem a bola tocar no chão? Até porque estaria muito perto das bases e ninguém arriscaria correr. Desde já muito obrigado, parabens por esse bellísimo blog

    • Olá Eder!
      Sobre a primeira questão, sim, o jogador pode encarar o defensor e tentar chegar na base. Os corredores deslizam porque assim diminuem a área de contato do corpo e para não passarem da base (imagine que, correndo a toda velocidade, você tem que parar exatamente em um quadrado pequeno como a base. Seria muito difícil de “frear”, portanto, compensa mais deslizar). Ele só seria eliminado se estivesse na 1ª base e, com a rebatida, corresse para a 2ª. O rebatedor correria obrigatoriamente para a 1ª e, se a bola chegar antes na 2ª, o corredor seria eliminado (caracterizando um forceout).

      Sobre a regra do infield fly, é muito simples: se o árbitro indica que é infield fly (uma bola muito alta no infield que deve ser defendida facilmente), o jogador que rebateu é imediatamente eliminado e o restante dos corredores ficam congelados nas bases em que estavam. Na teoria, eles já ficariam parados na base, pois sabiam que a eliminação era fácil. Porém, a regra existe para impedir que a defesa deixe a bola cair de propósito, para obrigar os jogadores a correrem até a base seguinte, sendo facilmente eliminados.

      Bom, acho que deu pra entender, né? hehe

      Abraço!

  88. Muito obrigado! Entendi tudo, às vezes acho o beisebol um porre de ser assistido mas muito emocionante de ser jogado, acho que é por causa das regras que não entendo, principalmente quando tem um corredor na terceira base com dois rebatedores fora e dois strike, tipo é a unica chance de rebater e fazer ponto, é alta tensão e aí o cara rebate mas é eliminado na 1ª base e consequentemente não vale o ponto, que desperdicío!!

  89. A marca Vollo não é muito bem falada no time onde jogo, mas se for pra começar a aprender, acho válido. É meio complicado achar os equipamentos aqui no Brasil. Minha dica é usar equipamentos melhores (Wilson, Rawlings, Nike etc), mas no caso de só ter o Vollo disponível, use-o!
    O equipamento Vollo não tem vida útil muito longa, então, pegue leve no início!

  90. Pingback: Tem brazuca na Major League Baseball | Blog de BozzanoBlog de Bozzano

  91. ola, irei um jogo dos mets no citifield, mas tem tres dias seguidos que os mets irao enfrentar o mesmo time. Em qual jogo seria o ideal para ir ?

  92. Ola parabens pelo blog,a minha pergunta é quando o rebatedor rebate a bola e a defesa pega a bola sem cair e out(eliminado)mais ja vi em jogos e ate em jogos de video game que eu pega a bola sem cair no chao e rebatedor avanca pra base?

  93. Parabéns pela belíssima iniciativa de um blog sobre Baseball!
    Uma pergunta:

    Há um corredor em base (3B) e dois eliminados. O rebatedor bate um ground out, mas antes de ser eliminado na 1B o corredor da 3B chega ao home plate a salvo. A corrida é válida?

    Se a resposta é sim, é possível que o rebatedor pratique um bunt para que isso ocorra também, não é?

    Se a resposta for negativa para a corrida a salvo antes da eliminação, é possível compreender isto logicamente, uma vez que se houvesse um eliminado isto é possível???!!!

  94. Meus parabéns pelo Blog, realmente vc me tirou algumas dúvidas…
    Eu começei assistindo os jogos da MLB pela ESPN e me tornei uma grande fan de Baseboll, ja consegui entender varias regras só de acompanhar os jogos!

  95. muito obrigado pelas informações.
    tenho uma pquena duvida! A base Central, onde o pitcher realiza os arremessos, elimina algum jogador?
    Obrigado por responder!

  96. Pingback: Beisebol também pode ser verde e amarelo | Blog de BozzanoBlog de Bozzano

  97. Mais uma vez parabens pelo blog…esta demais.
    Vi ontem a expressao `ball in dirt` no lancamento de um pitcher e nao entendi o que ele fez, uma vez que n’ao vi o jogo so o `play to play`. Por favor me ajude a entender, pois nao achei no glossario.

    Valeu!

  98. Pingback: Cross game e o Beisebol | Ganbatte xDD

  99. Pingback: Beisebol americano: 167 anos de história | Giftlândia

  100. Olá, gostaria de saber se há um termo, em português, para o arremesso knuckleball- aquele é que feito com as juntas dos dedos. Desde já agradeço a atenção.

  101. Oi Robson Augusto

    Nao, A base de onde o picher faz os lançamentos não elimina os corredores, mas casa alguém rebata em direção a base central e o picher pegue a bola dificilmente o corredor chegara na base antes da bola, o que eliminaria o rebatedor.

  102. Olá Fábio Igor,

    Nao é valida a corrida em sua suposição. A rebatida só e valida se a bola entrar em jogo e o rebatedor chegar pelo menos na 1B.

  103. Primeiramente Parabéns pelo blog muito bom!
    A minha duvida é a seguinte, numa jogada onde existe um jogador do time que esta atacando na primeira base e o rebatedor acerta a bola proporcionando a corrida para a primeira base, porem a defesa pega a bola por flyout assim eliminando o rebatedor , mas quanto ao outro jogador do ataque que estava antes na primeira base e corre para a segunda, essa jogada é valida ou uma vez que houve eliminação por flyout os jogadores do time que esta atacando e que estiverem nas outras bases não podem continuar a jogada rumo ao homeplate ?
    Espero ter me expressado claramente.
    Agredeço!

  104. Eu estou assistindo a NY Mets x Nationals e mais tarde haverá outro jogo entre eles. Eu queria saber o porque de haver 2 jogos no mesmo dia? Seria porque sao 162 jogos para cada time na temporada regular?

  105. bom dia, parabens pelo blog, uma perguntinha, Quando o rebatedor rebate a bolinha e tem um na 3ª base ele vai correr para 4ª base e fazer o ponto, o rebatedor vai correr para a 1ª e o da 1ª para a 2ª e o da 2ª para a 3ª base, o cara que faz a defesa depois de a bolinha pegar no chao, pode escolher onde jogar para o defensor da base, ou seja eliminar o corredor da 3ª base que esta correndo para fazer o ponto?

  106. To assistindo e lendo esse texto, que por sinal é mtooo bom. É mto difícil de se entender (mais difícil do que o Futebol Americano). Mas vou conseguir entender :)

  107. Boa noite. Fui um jogador de “taco”… rrrsss.. E dos bons. E me interesso pelo baseball. Tenho uma dúvida:
    – Com o “pitcher” se preparando para arremessar, um jogador do ataque que esteja na B2 (por exemplo) pode correr para a B3 mesmo antes do arremesso? O Pitcher está de costas olhando para o arremessador e não está vendo. É válida essa corrida?
    – Vejo alguns jogos onde esse jogador na B2 fica a uns dois ou três passos fora da base e o pitcher ameaça eliminá-lo virando de repente e jogando a bola para o B2. Essas jogadas são válidas?
    Abraços e obrigado.

  108. Gostaria de entender melhor esta situação que aconteceu com o Justin Pedroya no penúltimo jogo da MLB deste ano, onde ele ficou preso entre dois adversários, após rebater uma bola, e pelos comentários, de forma incrível e inusitada, conseguiu se salvar (fizeram um sanduiche com ele).
    Estudei em Boston e minha casa ficava algumas quadras do lendário Fenway Park, então, é claro, fã incondicional dos Red Sox…

  109. Parabéns pela perenidade do site. Tenho 63 e apesar de algumas tentativas de interesse pelo esporte, finalmente foi retomado pela leitura de A ARTE DO JOGO de Chad Harbach- Ed . Intrinseca.. Aproveitando, algumas infos.:
    1) Onde e quando existem jogos em São Paulo?
    2) Quando ocorre a temporada da MLB e qual das conferências a ESPN, costuma transmitir?
    3) Como se dá a preparação mental de um time TOP da MLB.
    Saludos.

  110. Muito bom o material, me ajudou e ja estou bem satisfeito com o conhecimento aqui exposto aos interessados pelo esporte.
    Parabéns pelo trabalho.

  111. Esse é o melhor blog de baseball! Tenho a aprendido muito lendo as duvidadas respondidas. Estou assistindo os jogos e agora consigo entender completamente os jogos. Esse esporte é um esporte fantástico, e ao meu ver, o mais democrático dos esporte coletivos. É uma pena que não é muito divulgado no brasil, e nem é praticado em todo o pais. Tenho muita vontade de jogar, mas onde moro não tem praticantes do esporte e nem local para isso. Espero que um dia isso mude e que o esporte tenha uma divulgação maior e comece a ser praticado em todo o pais. Creio que isso só irá mudar quando as tvs aberta começarem a divulgar a e exibir os jogos. Um grande abraço a todos que fazem o blog e meus parabéns pelo trabalho que veem fazendo.

  112. Parabéns pelo blog. Tenho uma dúvida: quando o rebatedor dá uma rebatida que, a princípio, seria um homerun, no entanto, o jogador de defesa consegue agarrar a bola e cai pra fora do limite do campo. Esse lance é considerado home run ou out?

    Sei que quando é uma rebatida em que a bola cai já nas arquibancadas e o jogador de defesa mesmo caindo no colo dos torcedores é considerado out. Por isso a minha dúvida.

    Obrigado.

  113. Parabéns pelo blog! Muito bom mesmo.
    Minha dúvida: tenho assistido as transmissões da espn e as vezes eles falam em “fly ball” e tenho a impressão que tambem falam em “flow ball”, não sei se é assim que se escreve, mas vc pode me explicar?
    Muito obrigada.

  114. Minha dúvida é com relação à necessidade de um tag para eliminação em relação à eliminação por groundout? Ou seja, quando os defensores são obrigados a usar o tagout para eliminar um atacante!

  115. Adorei ler o blog e pude entender bem melhor este jogo tão complexo ( para mim ).
    Gostaria de saber, por favor, como é feito o campeonato, em que mês ocorre, quais as equipes oficiais.
    Agradeço muito a colaboração.

  116. Ola!!! Parabéns pelo blog, super explicativo.
    Gostaria de saber se há possibilidade de dois jogadores do mesmo time podem dividir a mesma base?

  117. Olá, muito bom este blog, seguinte queira saber como é feita as contagens de vitória e derrota para os arremessadores?
    Obrigado

  118. Pingback: Jogo de baseball em Detroit: primeiro jogo das crianças – Colagem

  119. Olá!! Seu blog é fantástico!!!! Estou com uma duvida que é o seguinte: o time do ataque ta com apenas a segunda ou a terceira base ocupada (uma das duas) quando o rebatedor rebate uma bola pro chão (válida) ele corre pra primeira base, mas não da tempo e é eliminado. Quem ta ocupando a segunda OU a terceira base pode tentar correr pra base seguinte? Obrigado, abraços Eduardo/Tubarão-SC

    • Olá Eduardo!
      Primeiro, obrigado pelo elogio!
      Sobre sua dúvida: sim, qualquer jogador que já está em base pode avançar para a próxima em qualquer bola rasteira vinda do rebatedor. Se o rebatedor for eliminado e ele representar a 3ª eliminação da entrada, nenhuma corrida será anotada. Mas se ele for a 1ª ou 2ª eliminação, o jogador que estava na terceira base e correu até o home plate pontua normalmente.

      Espero ter esclarecido.

      Grande abraço!

  120. Honestamente, com todas as explicações e acompanhando alguns jogos pela ESPN, eu não consigo ver onde há tanta graça nesse esporte. Ele movimenta bilhões, os jogadores ganham fortunas. Os salários de jogadores de Beisebol perto dos jogadores de futebol são bem maiores.
    O Futebol Americano ao meu ver é interessantíssimo e acompanho. Agora não entendo o glamour em torno do Beisebol, coisa de americano.

  121. E a torcida fica em silêncio, aquela coisa fria. É tudo demorado demais, são poucos lances de emoção. Ao contrário do futebol americano onde há uma sintonia entre torcida, equipes, jogadores etc. Existe uma estratégia por parte de cada equipe, os passes maravilhosos etc etc.
    Será que estou sendo cético em relação ao Beisebol?
    O fato é que os americanos podem pagar já que acham emocionante dai enchem os jogadores de grana, o fato é que não entendo a graça do Beisebol.

    • Pois bem Humberto, é questão de gosto pessoal mesmo. Acompanho a NFL também, apesar de não tão a fundo quanto a MLB e cada esporte tem suas características.
      Quanto à questão da torcida, por exemplo, não concordo que seja totalmente fria. Torcidas de times como Giants, Phillies, Yankees e Red Sox são extremamente apaixonadas e fazem muito barulho durante as partidas, seja apoiando o time no turno de ataque ou vaiando o arremessador adversário.
      Além disso, o beisebol é muito estratégico também. O técnico precisa variar a escalação jogo a jogo para adaptar seu ataque em relação aos arremessadores do oponente, deve saber quando fazer uma alteração de um pitcher por outro, quando seu time deve tentar uma rebatida de sacrifício, roubar bases etc. E o General Manager, responsável pela montagem do elenco, precisa utilizar seus recursos da forma mais inteligente possível para conseguir jogadores que se encaixem na equipe, fazendo muito mais trocas do que em outros esportes.
      E da mesma forma que alguém pode achar um passe do Manning sensacional, outras pessoas podem ver apenas um lançamento qualquer. Assim como posso achar uma defesa do Trout roubando um home run um lance memorável e outro pensar que foi só um cara pegando uma bola no ar. Então é tudo muito relativo.
      Particularmente acho que as entradas extras do beisebol podem ser momentos tão ou mais emocionantes que disputas por pênaltis no futebol, extra time no futebol americano e prorrogações no basquete. Dá pra sentir a tensão que fica no estádio.
      Por fim, é sim um esporte familiar nos EUA. Muito disso se dá ao fato de não ser um esporte de contato propriamente dito, então as crianças começam a praticar desde muito jovens (6 ou 7 anos).

      Enfim, é questão de gosto. É um esporte muito pensado, cada jogada influi diretamente na probabilidade de um time sair ou não vencedor. Vai da pessoa gostar desse tipo de estratégia ou não.

      Abraço.

  122. Obrigado pela sua explicação!! Vamos acompanhar agora os playoffs, acho que esse ano vai dar Dodgers!! O pitcher deles é muito bom, antes eu achava que o pitcher era o principal jogador do time, mas ouvi na ESPN que um pitcher não é MVP desde a década de 60 e o clayton kershaw dos Dodgers pode ser MVP esse ano. Aquele Puig se não me engano é um atentado também joga de mais!! Hehehehe, abraços!!

  123. Pingback: O bê-a-bá do baseball. | Padres BR

  124. O jogo de ontem, entre Kansas City e Oakland, mostrou como o Baseball é empolgante. Incrível o desempenho do pitcher Brenton Feenigan do KC, que sustentou “no braço” o adversário, em duas entradas seguidas. E o que dizer das quatro bases roubadas, graças ao biotipo do corredor (me fugiu o nome )? Quanto aos pitchers, uma dúvida : Um que for substituído, por qualquer motivo, pode retornar ao jogo ? Quanto ao vencedor, vou de Orioles !
    SDS

  125. Opa, estou aqui de novo para algumas dúvidas. Pela primeira vez estou acompanhando a fundo os jogos da pós temporada. Tenho 3 perguntas.. Primeiro: Quando o Catcher não consegue pegar a bola e fica longe dele, as vezes é um lançamento válido e as vezes não, para o atacante correr para a próxima base. Segundo: Quando o Pitcher lança a bola e a bola bate no rebatedor, as vezes ele vai para a primeira base e as vezes não. Terceiro (Exemplo): Com 2 rebatedores eliminados, primeira base e segunda base ocupadas, o rebatedor bateu a bola o defensor eliminou o corredor que estava indo para a segunda base. E assim acabou a entrada. Procede? Por quê? Foi mal por tantas perguntas, mas é inevitável.. To gostando muito de assistir!! Abraços

    • Olá Eduardo! Vamos às respostas:

      1- Quando o arremesso vai longe do catcher e ele não consegue segurar a bola, dizemos que aconteceu um Wild Pitch. Quando isso ocorre, os corredores em base podem tentar avançar, correndo o risco de serem eliminados caso a defesa consiga encostar a bola neles (tag out). A escolha é dos corredores, eles decidem se vale a pena arriscar ou não.

      2- Sempre que a bola bate no rebatedor, ele avança automaticamente para a 1ª base (Hit by Pitch). A única exceção ocorre se ele tenta a rebatida, não acerta a bola e é atingido por ela. Nesse caso, é computado um strike.

      3- Sim, a entrada acaba, porque esse jogador representa a 3ª eliminação. As eliminações podem ser realizadas tanto sobre o rebatedor quanto sobre os corredores que já estiverem em base. Assim que que um time chega ao número de 3 eliminações, a entrada acaba no mesmo momento, portanto o fato dos outros jogadores chegarem ou não até a próxima base não é considerado.

      Fico feliz em saber que está gostando de assistir a MLB, Eduardo. Os playoffs deste ano estão sensacionais, muito emocionantes!

      Abraço!

  126. Bom dia!
    Primeiramente, parabéns pelo Blog!

    Tenho uma dúvida.
    Caso haja somente um jogador na 3 base, e o rebatedor rebata uma bola válida que toque no chão. O rebatedor obrigatoriamente deve tentar se deslocar para a primeira base. O jogador que estava na 3 base pode ficar parado ou obrigatoriamente ir para o home plate? Caso ele tente ir para o home plate, a eliminação dele poderá ser feita por forceout ou somente por tag?

    Obrigado.

  127. Gostei muito de seu comentário. E gostaria de deixar aqui o meu apoio.
    Concordo plenamente de que é questão de gosto, tanto que, ao contrário do Humberto, que gosta muito do “futebol” americano e acha este tipo de esporte emocionante, eu estou amando assistir aos jogos de beisebol e não perco um minuto sequer para assistir aos jogos da NFL, pois para mim é totalmente sem graça tal esporte!
    Assim como você, Guilherme, penso que o beisebol é um jogo de estratégia e, por não ser um esporte de contato (característica do futebol americano e demais esportes) foi o que me fez apaixonar. E, sim, as torcidas são apaixonantes!!! É só acompanhar os jogos da temporada regular e as semi-finais e finais das ligas, que se pode constatar tal paixão! Por exemplo, na Temporada Regular de 2014, os Yankees se despediram do seu capitão Derek Jeter, com emocionantes manifestações de carinho e agradecimento. Também, nos jogos da PostSeason (Playoffs), as torcidas de Pittsburg Pirates, São Francisco Giants, Kansas City Royals, LA Angels, Saint Louis Cardinals e Baltimore Orioles deram show de manifestações que foram emocionantes e bonitas de se ver! Os estádios ficaram lindos com as cores dos times (torcedores vestindo o uniforme dos times e com toalhinhas/bandanas). Em Kansas City, o estádio estava azul, em São Francisco estava laranja, em Pittsburg amarelo e preto e assim por diante! Paixão é o que não falta aos amantes do beisebol! Por isto, é sim, questão de gosto!

  128. Oi, excelente o blog! Confesso que não li ainda todas as perguntas e respostas (mas a grande maioria), o
    Comecei a acompanhar o baseball na segunda metade da Regular Season 2014, pelo site e aplicativo para Xbox da MLB e, atualmente torço para que o SF Giants vença o World Series. =D

    Em relação ao jogo, gostaria de saber quem é o responsável pela estratégia adotada e se esta estratégia é adotada por jogos ou por Innings. Por exemplo: quem decide que a bola deve ser lançada para a 1B (eliminando o rebatedor) e não para o Home Plate, quando há um jogador do time atacante na 3B, que poderá completar um Run?

  129. Bom dia Guilherme,

    Gostaria de parabenizá-lo pelo excelente trabalho, fiquei 5h40m lendo as paginas deste blog (muito obrigado por me fazer ir dormir as 5h25am e ouvir da minha chefa sobre minha cara de sono depois kkkk), pois me identifico com o esporte e por não ter fluência em inglês o conteúdo fica restrito aos jogos na Fox (pois não tenho espn, é triste eu sei), e ao videogame. E na fox nem conta, os caras ao invés de falar do jogo e dar informações falam de quem é a esposa de quem, roupas dos jogadores, comerciais que eles já fizeram, em que a esposa trabalha comidas prediletas, quem foi o pai e a mãe, blá blá blá, perece programa de fofoca… do esporte eu não aprendi mais, porem conheço a família de todo mundo lá kkk.
    Obrigado mesmo, graças a você já tenho mais uma fonte de conhecimento e passatempo desse esporte, li ate agora 27 paginas daqui, e esta bem longe de zerar todas que tem em cada time no menu da lateral com “Conteúdo por Time”.
    Aliás, li essa pagina mesmo, ela toda com todas as perguntas e respostas e posso te garantir que você tem muita paciência, muita mesmo. Varias perguntas iguais e ainda já respondidas no seu texto acima kkk, você tem a paciência e paz interior de um Buda kkk.

    Tentei jogar aqui na região que moro alguns anos atrás, mas não deu muito certo, em um resumo:
    – No monte a bola não ia à luva,
    – No box o bastão não ia à bola,
    – E no campo a luva também não ia à bola kkk.
    Como só conseguia jogar de receptor continuo nos games mesmo kkkk eu também estou rindo mais é triste ser tão ruim kkkk é sério kkk.

    Bom de qualquer forma tem uma duvida sobre substituição que em cada lugar encontro uma resposta diferente, e como você não só responde como explica o porquê então espero que me ajude.

    Um cara aqui encima mesmo perguntou:
    “outra duvida
    quantos reservas um time pode ter no banco de uma partida?
    podem ser feitas quantas substituições?
    na posição de pitcher as substituições sao ilimitadas, certo?”

    Você respondeu:
    “Um time pode ter até 25 jogadores numa partida, sendo 9 (National League) ou 10 (American) titulares e os outros reservas. O técnico pode fazer quantas substituições quiser, até que esgote seu número de jogadores no banco de reservas. Lembrando que, ao contrário do basquete ou futebol americano, se um jogador é substituído, ele não pode voltar ao jogo.”

    Porém no site de “A Associação de Árbitros e Anotadores de Beisebol e Softbol do Brasil foi fundada em 17 de maio de 1991 por um grupo de árbitros que, na época, atuavam como membros do Departamento de Árbitros da Federação Paulista de Beisebol e Softbol – FPBS.” está escrito um post assim:
    “Um “out”, corredor na 3ª base. O técnico da equipe na defensiva substituiu o arremessador. Feitos os arremessos de aquecimento, e após a ordem “PLAY” dada pelo árbitro de “home”, o novo arremessador lançou a bola ao defensor da 3ª base. Este, tocando o corredor, que estava fora da base, eliminou-o. Logo após esse lance, foi solicitado o retorno do arremessador anterior, e o árbitro de “home” permitiu essa alteração. O técnico da equipe na ofensiva reclamou. Mesmo assim, o árbitro manteve a sua decisão, alegando que o retorno era legal porque o substituto já havia feito uma jogada na 3ª base. Você concorda com isso?
    Não. De acordo com a Regra 3.05 (b), o arremessador substituto deve arremessar ao batedor de turno ou a quem venha a substituí-lo até que ele seja eliminado ou alcance a 1ª base, ou até que a equipe adversária sofra a terceira eliminação, a menos que se machuque ou adoeça de tal forma que o árbitro de “home” o julgue incapacitado para continuar arremessando.”

    A dúvida é que nesse caso o arremessador iria retornar a partida, mas como os post`s lá estão meio misturados entre baseball e softball não sei se vale para um, para os dois, ou nenhum deles e era somente um exemplo ruim nesse caso sobre regras de substituição.
    Ele pode ou não pode retornar em alguma situação especial? Sei que normalmente não pode, se saiu não volta mais.
    No videogame o que às vezes faço é jogar um arremessador que esta num bom dia no campo esquerdo, ou direito, quando ele esta mostrando cansaço, e trocar esse campista pelo próximo arremessador, assim caso queira ele no monte novamente troco a posição no campo mesmo do arremessador atual pelo que estava apresentando um “dia bom”.
    Então caso esse retorno seja possível de alguma forma era só colocar o cara de novo do banco para jogar! E estou a alguns anos gastando tempo para chegar ao melhor raciocínio de substituições e ganhar o jogo pra nada kkk (que burro, da zero pra ele!).
    Se tiver entendido o retorno do arremessador e puder ajudar ficaria bastante grato.

    É isso, gostaria de agradecer realmente pela seriedade mantendo-se imparcial, e dedicação de manter algo que demanda tanto esforço e tempo como esse blog, acredito que todo esse trabalho deva ser parabenizado como forma de recompensa por quem aproveita a leitura que aqui proporciona, então achei que seria justo gastar um tempo para te passar um feedback do que você proporciona aos leitores.
    Espero que além de escrever goste de ler também, a mensagem ficou um pouco grande demais kkk,
    tudo de bom pra você, vlw flw
    Lucas ST

    • Olá Lucas!

      Primeiro, gostaria de agradecer os elogios, cara! Fico feliz em saber que gostou do blog e mais feliz ainda em saber que também é um apaixonado pelo beisebol. Valeu mesmo pelo comentário!

      Sobre a dúvida quanto às substituições, o que ocorre é o seguinte: se o arremessador A é substituído por arremessador B, então A não pode voltar à partida. No caso, o que você disse fazer no videogame é possível ser feito no jogo “real” também. O técnico Tony La Russa, por exemplo, em algumas situações manteve dois pitchers em campo (um destro e um canhoto), e revezava eles como Left Fielders, para não ter que tirar um deles do jogo. Como todos os jogadores que já estão em campo podem trocar de posições a qualquer momento, esse movimento é válido sim.

      Sobre o caso que você descreveu no site, eu não concordo com a decisão do árbitro. Quando o arremessador entra substituindo outro, ele deve fazer no mínimo um arremesso ao home plate, sendo que deve eliminar ou proporcionar o adversário a chegar em base. No caso descrito, entendo que ele não fez nenhum arremesso ao home plate e eliminou o adversário que estava na 3ª base por meio de pickoff. Nesse caso, ele só poderia ser substituído se a entrada tivesse terminado ali e na entrada seguinte outro pitcher poderia entrar em seu lugar (o que não foi o que aconteceu).
      E sobre o arremessador anterior retornar ao jogo, entendo que ele havia feito esse “esquema” que falamos antes, ou seja, permaneceu como defensor em alguma outra posição (Left Fielder, provavelmente). Em hipótese alguma ele pode ter sido substituído diretamente pelo novo arremessador e depois voltar à campo.

      Espero que a explicação tenha ficado clara hahahah

      Grande abraço!

  130. Guilherme, boa noite. Estou assistindo o sexto jogo do world series e na terceira entrada teve uma situação que nã entendi bem. Os Giants estavam com as três bases cheias após três walkie-talkie (pelo que eu entendi). De repente houve uma rebatida e o rebatedor foi eliminado antes de alcançar a primeira base, sendo que todos foram eliminados. É isso mesmo ou entendi tudo errado? Parabéns pelo blog, me ajudou bastante a entender o jogo.

    • Olá Ian!

      Na verdade, o que houve nesse jogo é que as bases estavam cheias, porém os Giants já tinham uma eliminação. Quando o rebatedor colocou a bola em jogo, a defesa dos Royals lançou para a segunda base e depois para a primeira, realizando um Double Play, ou seja, eliminando o corredor que estava na primeira base e o rebatedor. Assim, os Giants acumularam três eliminações e a entrada foi encerrada sem que eles anotassem uma corrida.

      Abraço!

  131. mais acima foi dito q o jogador que estiver na 2ª base so pode correr depois que a bola tocar na luva do right fielder, mas como? se os jogadores que estao na 2ª ou 3ª bases ja ficam adiantados(fora de suas bases) preparados para correr. Nao entendi, agradeço

    • Olá José!

      Sim, os jogadores costumam se adiantar para poder ganhar vantagem na hora de correr as bases. Porém, quando uma bola que vai para o outfield é muito alta, o jogador costuma esperar em base para tentar fazer o tag e correr para a base seguinte após a eliminação. É muito comum isso acontecer nas jogadas de Sacrifice Fly.

      Abraço!

  132. Muito bom o seu Blog.
    O beisebol e fascinante, e quanto mais voçê aprende as regras , mas duvidas surgem. Parabéns pela sua dedicação em solucionar estas duvidas.
    Tenho uma bola da marca Vollo, em minha mesa de trabalho, e assistindo aos arremessadores, tinha a sensação que esta bola tinha um tamanho maior das usadas na MLB. Quando foi minha surpresa de saber que o arremessador Madison Bumgarner, tem 1.96 de altura. As bolas em sua mãos ,parecem ser um pouco maiores que bolas de ping pong.
    Para terminar uma duvida. Todos os campos da MLB tem o mesmo tamanho?
    Achei estranho no estadio do RED SOX, ter uma faixa na arquibancada demarcando a area do HR..
    Mais uma vez parabéns. Marcos Henrique – Cidade do Rio de Janeiro.

Add Comment Register



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>